RS RSS Polícia

Corpo de Bombeiros tem 272 novos integrantes aptos a atuar nas ruas

Formandos passaram pelo banho de batismo dos bombeiros, ato que é tradicional na corporação para marcar a entrada dos soldados na instituição (Foto: Rodrigo Ziebell/SSP)
Formandos passaram pelo banho de batismo dos bombeiros, ato que é tradicional na corporação para marcar a entrada dos soldados na instituição (Foto: Rodrigo Ziebell/SSP)

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul conta com 272 novos servidores. A formatura, no sábado (1º) em Porto Alegre, marca o final do processo de cinco etapas composto por cerimônias nos municípios de Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Maria e Santa Cruz do Sul. O ato na capital reuniu 114 alunos soldados do Curso Básico de Formação de Bombeiro Militar oriundos das escolas de Esteio, São Leopoldo e Porto Alegre.

O secretário Cezar Schirmer elogiou o Corpo de Bombeiros na tarefa de transpor qualquer perigo para defender a população, elevando o reconhecimento da instituição por sua importância social. “Os senhores fazem parte da instituição de maior prestígio de toda sociedade”, completou. Schirmer ressalta que, na próxima semana, o Corpo de Bombeiros terá definida sua desvinculação da Brigada Militar, em votação na Assembleia Legislativa e, assim, poderá alçar voo próprio.

Schirmer assegurou que, em breve, o governo do Estado anuncia o chamamento de cerca de 70 aprovados no último concurso público. “Uma decisão acertada, que contempla o excedente de candidatos aprovados. Dessa forma, até o final de 2017 teremos 505 novos servidores nos quadros da corporação”.

O coronel Adriano Krukoski, comandante do Corpo de Bombeiros, exaltou a formatura durante a Semana do Bombeiro. Ao cumprimentar os formandos, o comandante relembrou que todos estarão à disposição da comunidade frente às adversidades, “estamos aqui para servir a população do RS”.

Formação dos novos bombeiros militares

A preparação dos alunos começou no dia 21 de novembro de 2016. Ao todo foram 1.400 horas/aula com disciplinas como: busca terrestre, aquática e aérea; técnicas de combate a incêndio; suporte básico de vida; prevenção de incêndio, entre outras. A formação teve coordenação da Academia de Bombeiros Militar. O programa foi elaborado pelo departamento de ensino da instituição, em consonância com a matriz curricular nacional.

O curso foi dividido em dez turmas descentralizadas e divididas em Porto Alegre (duas turmas), Esteio, São Leopoldo, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Passo Fundo e Cruz Alta. Os formandos integrarão as unidades do Corpo de Bombeiros Militar do RS, reforçando o serviço à comunidade.

Os alunos cumpriram atividades externas de estágio operacional, durante a segunda e terceira etapas do curso, auxiliando a Segurança Pública paralelo aos estudos de formação. A previsão é que na próxima semana os formandos sejam remanejados para batalhões de todo o estado.

Além das disciplinas citadas, os bombeiros aprimoraram conhecimentos ligados a atendimento pré-hospitalar, direitos humanos, proteção ambiental, entre outros. A grade curricular visou à formação de profissionais polivalentes nas técnicas de salvamento e proteção à comunidade.

Batismo

Após a solenidade, os formandos passaram pelo banho de batismo dos bombeiros. O ato é tradicional na corporação para marcar a entrada dos soldados na instituição.

Texto: Ascom RS