RS Educação RSS Bom Retiro do Sul

Criação de animais em área urbana terá ações de orientação em Bom Retiro do Sul

Fernanda e Roseli em conversa na EMEI Genny da Silva (Foto: Fernando Dias)

Os riscos para a saúde das pessoas pode vir de qualquer lugar. Uma das situações que podem causar situações de risco é a criação de animais em área urbana. Esta é uma realidade comum em Bom Retiro do Sul. São hábitos culturais e econômicos, mas que envolvem a saúde pública de toda a comunidade.

Diante desta situação e pelo crescente número de relatos sobre esta prática em muitas propriedades em áreas urbanas, a Administração Municipal de Bom Retiro do Sul, juntamente com o setor de fiscalização da Secretaria da Fazenda e a Vigilância Sanitária, amparados em leis municipais e federais, iniciarão um trabalho de orientação aos munícipes sobre esta prática.

Com as leis sanitárias de saúde cada vez mais exigentes, a prática de criar animais no quintal de casa, como galinha, frangos, porcos, vacas e até cavalos, está cada vez mais restrita. A criação destes animais oferece riscos à saúde das pessoas, sendo que os problemas mais graves são as fezes e a urina dos animais, que apresentam verminoses que afetam diretamente as pessoas. A presença destes animais atraem ainda insetos portadores de várias doenças.

Conforme o Código de Posturas de Bom Retiro do Sul é proibido à criação ou engorda de suínos, bovinos, caprinos, ovinos, aves, equinos assim como a instalação de estrumeiras ou depósitos de estrume animal dentro do perímetro urbano do município.

Para evitar que situações de risco aconteçam, o setor de fiscalização, juntamente com a Vigilância Sanitária do município, onde atuam as fiscais Fernanda Rosa e Roseli Rodrigues Cristo, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realizarão em trabalho de conscientização com alunos da rede municipal de ensino, falando sobre as os perigos e os cuidados desta prática.

A primeira ação nas escolas foi realizada na tarde da segunda-feira, 18, quando as fiscais foram até a EMEI Genny de Souza da Silva, no bairro Goiabeira, conversar com os alunos sobre os perigos de se criar animais na área urbana.

Além das visitas às escolas, um cartaz terá orientações alertando sobre os riscos de se criar animais na área urbana e as doenças que as pessoas poderão contrair. A orientação para as pessoas que criam ou abrigam algum destes tipos de animais na área urbana é para que transfiram para um local apropriado na zona rural do município.

Pelo Código de Posturas, o munícipe que for flagrado cometendo algumas destas irregularidades poderá ser multado em 50 Ufirs (cerca de R$ 160,00) por irregularidade constatada.

Texto: Ascom Bom Retiro do Sul