Educação Encantado RSS Destaques

Crimes cibernéticos voltam a ser tema de palestra em Encantado

Palestra integrou o programa “Mundo Digital – Dialogando sobre o Uso Ético, Seguro e Responsável (Foto: Divulgação)

Ciberbulling, sexting, aliciamento e uso excessivo da internet foram os principais crimes cibernéticos apontados pelo Juiz da Infância e Juventude da Comarca de Lajeado, Luiz Antônio de Abreu Johnson, na palestra realizada pela Secretaria de Educação e Cultura de Encantado, sobre o tema.

O encontro ocorreu na noite de terça-feira, dia 24, no Auditório Itália do Centro Administrativo Municipal, com a presença de pais, professores e diretores de escola, em continuidade ao programa “Mundo Digital – Dialogando sobre o Uso Ético, Seguro e Responsável”, implantado pelo Ministério Público Federal, no início do ano letivo, com todas as redes de ensino do município.

A palestra também contou com a presença da coordenadora da 3ª Coordenadoria Regional de Educação, Greicy Weschenfelder e com o vice-prefeito de Encantado, Enoir Cardoso.

De acordo com a secretária de Educação e Cultura de Encantado, Neide Maria Graciola, a palestra amplia e aprofunda o tema que vem preocupando as autoridades judiciais de todas as Comarcas, pela quantidade de casos de crimes envolvendo crianças e jovens, no meio digital. Conforme o juiz, não há qualquer sigilo no Facebook, uma das principais plataformas da rede. “O que é divulgado, dificilmente será apagado; por isso, todo o cuidado com o que se publica, especialmente fotos de filhos e da família, deve ser reforçado; cabe aos pais monitorar o conteúdo acessado por seus filhos na rede mundial de computadores”, orienta.

De acordo com o palestrante, o diálogo é a prevenção. “Conversar abertamente com as crianças e jovens sobre os perigos da internet é fundamental; o mundo virtual é importante, pois a internet oferece muita coisa boa, mas também muitos riscos.”

Texto: Ascom Encantado