RSS Rural - Agricultura Teutônia

Curso de Dieta para Vacas Leiteiras forma turma em Teutônia

Mais uma turma foi formada neste ano (Foto: Divulgação)
Mais uma turma foi formada neste ano (Foto: Divulgação)

Organizado pelo Centro de Formação de Produtores de Teutônia (Certa), o curso de Dieta para Vacas Leiteiras formou, nesta semana, mais uma turma. A capacitação, ministrada por técnicos da Emater/RS-Ascar, visa proporcionar aos participantes – bovinocultores de leite e técnicos – uma qualificação completa no que diz respeito à alimentação do rebanho, apresentando temas, como, introdução para a dieta de ruminantes, fisiologia digestiva, variáveis das exigências nutricionais e consumo de matéria seca e tipos de alimentos, entre outros.

Também durante o curso, os participantes são capacitados para trabalhar com planilhas para gerenciamento do rebanho e com o Programa Boviter, que possibilita uma maior precisão nos cálculos para as dietas dos animais. “Nesse sentido, a intenção dessa formação é possibilitar uma maior autonomia para os agricultores, uma vez que a alimentação do rebanho representa um dos fatores mais impactantes nos custos de produção, chegando a atingir a marca de 65% do valor investido”, observa o coordenador do Certa, Maicon Berwanger.

Para o bovinocultor Gabriel Soares, de Barros Cassal, a participação em formações, como a oferecida pelo Certa, representa uma oportunidade para crescimento dentro da atividade. Não por acaso, a área de 10 hectares de tabaco – ainda o principal produto na propriedade localizada em Linha Gramado dos Lima – deverá dar lugar às pastagens, futuramente. “Hoje temos 19 vacas em lactação que produzem 230 litros de leite por dia, mas a intenção é aumentar esse número com a qualificação da alimentação do rebanho”, explica.

Para o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura, que acompanhou a primeira manhã de atividades no Certa, há que se valorizar as trocas de experiências e as discussões entre agricultores, além da apropriação das tecnologias disponíveis, no sentido de fortalecer a produtividade na área leiteira. “E a Emater/RS-Ascar é parceira dos produtores em ações que possam representar o aumento da renda e, consequentemente, da qualidade de vida”, salientou. Outras autoridades, como o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Marcelo Brandoli, também marcaram presença no curso.

Texto: Ascom Emater