Economia Investimento Vale do Taquari

Dália Alimentos apresenta Complexo Avícola ao Sicredi Região dos Vales

Fábrica de rações também recebeu visita das diretorias da Dália e do Sicredi

Intercooperação também é praticada através da parceria na liberação de linhas de crédito para viabilizar projeto com tecnologia de ponta empregada

De cooperativa para cooperativa. Assim foi o encontro que reuniu a diretoria da Dália Alimentos e do Sicredi Região dos Vales na quarta-feira, dia 21 de agosto. Em uma visita que teve a duração de três horas o presidente do Conselho de Administração da Dália Alimentos, Gilberto Antônio Piccinini e o presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, apresentaram a principal e maior obra da cooperativa no momento: o Complexo Avícola, em fase final de estruturação em Linha Palmas, às margens da ERS-130, no município de Arroio do Meio.

O investimento de R$ 96 milhões injetado pela Dália Alimentos foi visitado pelo presidente do Sicredi Região dos Vales, Ricardo Cé, pelo diretor executivo, Roberto Scorsatto e pelos assessores Magnor Genezini e Marcos de Conto. O objetivo foi apresentar o projeto em execução aos gestores do Sicredi, cuja cooperativa de crédito é parceira para a liberação de linhas de crédito para complementação de demais etapas do Programa Frango de Corte.

A visita iniciou-se pela fábrica de farinhas, seguiu por todos os setores e linhas de produção da unidade frigorífica e encerrou-se no parque fabril de rações. O gerente da Divisão Frango de Corte, Pedro Raul Mallmann, conduziu o grupo e detalhou cada etapa do processo que, inicialmente, abaterá 55 mil aves/dia, duplicando esse número em uma segunda etapa. Com tecnologia de ponta e de última geração o frigorífico é um dos mais modernos do Brasil e está apto também às normas e padrões internacionais. “Dispomos do que há de mais atualizado em máquinas e equipamentos, fator que nos concede um importante diferencial neste mercado tão competitivo”, disse Freitas.

A unidade para abate de aves está dividida nas seguintes linhas: recebimento e pendura, sangria, escaldagem e depenação, evisceração, pré-resfriamento, sala de cortes e embalamentos, embalagens secundárias, congelamento, estocagem e expedição. Máquinas nacionais e importadas foram adquiridas para compor o parque fabril, inclusive três holandesas, sendo uma para o corte do frango, outra para a retirada do filé e outra para a desossa da coxa e sobrecoxa. Segundo Malmann, em torno de 350 pessoas serão contratadas para desenvolver o trabalho na linha de produção. A área externa do complexo conta ainda com escritório, áreas e salas de apoio, refeitório, sala de convívio, área de lazer e descanso.

Também integra o Complexo Avícola a Fábrica de Rações. Seguindo o mesmo padrão do frigorífico, os equipamentos têm a concepção do que existe de mais moderno no mercado global. A fábrica é automatizada e produzirá 45 toneladas de ração/hora. A apresentação do espaço ficou a cargo do gerente da Divisão Produção Agropecuária, Igor Weingartner e do supervisor do Setor Grãos e Rações, Walter Rahmeier.

Sicredi Região dos Vales financia R$ 72,5 milhões

O Sicredi Região dos Vales é um dos grandes parceiros da Dália Alimentos no Programa Frango de Corte. O Complexo Avícola – que inclui frigorífico, fábrica de farinhas e fábrica de rações – também é constituído pelo incubatório, cuja edificação está sendo construída em Mato Leitão, num investimento de R$ 10,6 milhões por parte da cooperativa e também financiado pelo Sicredi. A cooperativa de crédito concedeu, ainda, financiamento à Empresa ASA, proprietária do matrizeiro, com sede em Vale Verde e investimento de R$ 17,5 milhões, bem como financia seis dos nove condomínios para a criação dos frangos de corte, adicionando um investimento total de R$ 44,4 milhões. No somatório, o Sicredi Região dos Vales aportará, através de linhas de crédito, R$ 72,5 milhões para o Programa Avícola da Dália Alimentos.

O diretor executivo do Sicredi Região dos Vales, Roberto Scorsatto, destaca a relevância do projeto para a região. “É gratificante ver esse empreendimento com instalações e equipamentos modernos e tecnologia de última geração que reforçam a forma de como a Dália gere seus investimentos, buscando manter-se competitiva no mercado. Sicredi e Dália são parceiros, cooperam para o desenvolvimento da região e participar deste projeto inovador e grandioso, que terá impacto efetivo na economia regional, fortalece ainda mais essa intercooperação e reforça a forma de atuação do Sicredi e o compromisso com os associados e com as comunidades em que está presente”, enfatiza.

O presidente do Conselho de Administração da Dália Alimentos, Gilberto Antônio Piccinini, reforça que a parceria com os órgãos financiadores é uma etapa indispensável para o êxito deste projeto de ampla magnitude. “A Dália Alimentos tem um enorme respeito com todos os parceiros e suas operações junto da cooperativa, seja BNDES, BRDE e Sicredi. Essas parcerias comprovam a força do cooperativismo, fator que melhora o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de uma região e, principalmente, a renda e a qualidade de vida da população”.

 

 

Assessoria de Imprensa Dália Alimentos
Jornalista Carina Marques