Encantado RSS Eventos Destaques

Dália Alimentos completa 70 anos de história

Dez homenageados (Foto: Elisangela Favaretto)
Dez homenageados (Foto: Elisangela Favaretto)

Sete décadas de empreendedorismo e inovação. É assim que pode ser definida a trajetória da Dália Alimentos. Na noite da quinta-feira, data em que completou 70 anos de história, a Cooperativa  realizou um evento para convidados e a imprensa,  no auditório do Sicredi Região dos Vales.

Na oportunidade foi entregue o Troféu Dália a dez personalidades que marcaram a história da Cooperativa; houve o lançamento do livro “Destemidos – O Espírito Cooperativista dos Probos de Rochdale ao Empreendedorismo Neocooperativista da Dália Alimentos” e a apresentação de um vídeo institucional retratando a trajetória da Dália Alimentos, pautado no enredo do livro “Destemidos.” O material teve como protagonistas associados, funcionários, ex-funcionários, sócios-fundadores, Conselho e a Direção da cooperativa.

Troféu Dália Alimentos  
Foram homenageadas dez pessoas que contribuíram para tornar a cooperativa cada vez mais sólida, pujante e desenvolvida ao longo dos últimos70 anos. Receberam o Troféu Dália: Elói Blömker, Luiz Henrique Kaplan, Nemir Lorenzi, Guapo Representações, Eusébio Morsch, Lidenor Giliotto, Rubino Rahmeier, Francisco Turra, Márcio Lopes de Freitas e Roberto Rodrigues.

Em nome do Conselho da Administração, que se despediu naquela noite, falou o senhor Rubino Rahmeier, que acompanhou o Conselho por 38 anos. Durante a sua fala, lembrou do fundador da Cooperativa, senhor João Batista Marchese. “Tivemos colaborações marcantes para chegar aos 70 anos de história. Eu conheci João Batista Marchese, tive o privilégio de conviver com ele. Era um homem de personalidade forte e de uma autoconfiança, que era transmitida às pessoas que o cercavam”.

Livro
A data também marcou o lançamento do livro “Destemidos – O Espírito Cooperativista dos Probos de Rochdale ao Empreendedorismo Neocooperativista da Dália Alimentos”. Com 320 páginas, a obra foi a primeira escrita em alusão à Dália Alimentos. Nela está destacado o berço do cooperativismo na Inglaterra, passando pela história da Dália, fundada em 1947, até os dias atuais. Cada capítulo, ilustrado por fotos antigas e outras produzidas com os próprios associados e funcionários, proporciona uma leitura prazerosa e repleta de surpresas. Foram dois anos de pesquisa e quatro meses para escrever a obra. Os responsáveis foram os escritores Tânia e Charles Tonet, da Três Tempos, de Caxias do Sul.

Prefeito destacou a orgulho de fazer parte destes 70 anos (Foto: Elisangela Favaretto)
Prefeito destacou a orgulho de fazer parte destes 70 anos (Foto: Elisangela Favaretto)

Conforme o Prefeito Adroaldo Conzatti, é um orgulho fazer parte destes 70 anos. “Tem uma frase de um autor desconhecido que resume tudo isso, ‘és tão jovem quanto a tua fé e tão velho quanto a tua descrença’. A Dália é jovem, passaram quatro gerações e muitas outras vão continuar trabalhando pelo desenvolvimento da Cooperativa e da Região. A fé é o que moveu os primeiros produtores de suíno e continua movendo até hoje”.

O Presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal, Francisco Turra, ressaltou que “hoje nós vimos um Brasil que é possível e que dá certo. A Dália e uma marca forte que traduz o que é a alma do trabalhador de Encantado e da Região. Entra as nossas metas, queremos que em 2025 toda a proteína que o país precisa, seja do Brasil”.

Conforme o Presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini  e  o Presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, a meta da Cooperativa é crescer nas suas atividades; no fortalecimento dos produtos e produtores seja em condomínios ou particulares; modernizar a indústria e o processo de produção de alimentos e divulgar a  marca Dália a nível de Brasil.

Piccinini e Freitas apresentaram o desenvolvimento da empresa e as metas (Foto: Elisangela Favaretto)
Piccinini e Freitas apresentaram o desenvolvimento da empresa e as metas (Foto: Elisangela Favaretto)

“Nós também queremos ir em busca de parcerias para que  a maneira de conduzir os negócios possa servir de exemplo para gestões municipais e estaduais e esperamos que o Governo olhe para as cooperativas também. Nós desenvolvemos atividades que promovem a cidadania e a formação das famílias, que caberiam ao Governo fazer. Nós investimos nas famílias, na educação, para produzir pessoas que possam escolher melhor os governantes ou ser os próximos governantes. Precisamos criar um conceito de uma nova gestão pública e privada para que a população brasileira seja tratada com igualdade”, concluem os diretores.

Saiba mais:
Profundamente convictos do poder da cooperação, 387 pequenos agricultores congregaram esforços e, sob a liderança de João Batista Marchese, fundaram no dia 15 de junho de 1947, a Cosuel Cooperativa dos Suinocultores de Encantado Ltda. Apesar dos modestos recursos e após enfrentar toda a gama de obstáculos, em agosto de 1948, foi lançada a pedra fundamental do frigorífico, que se constitui ainda hoje na principal atividade da empresa.

Com o passar dos anos, a Cosuel foi diversificando as suas atividades, já que o seu objetivo era proporcionar a comercialização dos produtos dos pequenos agricultores associados. Baseados neste princípio, e atendendo a necessidade do mercado emergente, surgiu, em 1957, a fábrica de óleo de soja, a fábrica de rações, em 1963, e em 1965, a indústria de laticínios. A partir daí, foi estruturado um sistema de comercialização que tornou os produtos Dália conhecidos em todo o Brasil.

Para tornar a Cosuel cada vez mais competitiva, foram organizadas estruturas de caráter social, técnico e administrativo baseados nas mais modernas tecnologias como forma de enfrentar um mercado cada vez mais exigente e globalizado.

Hoje, a Cooperativa dos Suinocultores de Encantado Ltda, com uma estrutura enxuta e um quadro de funcionários qualificados, além de atuar no mercado interno, também exporta seus cortes especiais de suínos para os países do Mercosul, continente africano, Hong Kong, Cingapura e Rússia.

Confira algumas imagens da noite:

Texto: Portal Região dos Vales com informações do site Dália Alimentos