Encantado RSS Rural - Agricultura Destaques

Dália Alimentos e Emater/RS-Ascar projetam ações em parceria

Na oportunidade foram apresentada as ações que serão realizadas por ambas as entidades, com ênfase na bovinocultura leiteira (Foto: Divulgação)
Na oportunidade foram apresentada as ações que serão realizadas por ambas as entidades, com ênfase na bovinocultura leiteira (Foto: Divulgação)

Uma reunião envolvendo o presidente Executivo da Dália Alimentos, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas e os gerentes regional e adjunto da Emater/RS-Ascar, Marcelo Brandoli e Carlos Lagemann – além de técnicos, zootecnistas, médicos veterinários e engenheiros agrônomos de ambas as entidades – foi realizada na quarta-feira (12), no Centro de Cultura Ouro Branco, na sede da Dália Alimentos, em Encantado. O objetivo do encontro foi apresentar as ações realizadas por ambas as entidades, com ênfase na bovinocultura leiteira, com a intenção de projetar, futuramente, atividades que possam ser realizadas em parceria.

Com o apoio do corpo técnico da Dália Alimentos, Freitas apresentou dados, números e também programas coordenados pela cooperativa, com vistas a trazer alternativas para que o associado produza mais e melhor. Ações de assistência técnica como a Escola do Leite e programas como o Mais Leite Saudável, Vale dos Lácteos e de Condomínios para a Produção Leiteira, envolvem grande parte das mais de duas mil famílias associadas que, juntas, possuem mais de 30 mil vacas em lactação. “Nossa intenção é viabilizar as famílias economicamente, garantindo a elas também a qualidade de vida”, comenta Freitas.

Em seguida foi a vez do gerente regional da Emater/RS-Ascar, Marcelo Brandoli, apresentar as ações realizadas pela entidade e que alcançam, somente na região de abrangência dos 55 municípios do Regional de Lajeado, mais de 20 mil agricultores. Áreas como bovinocultura leiteira, piscicultura, fruticultura e olericultura, agroindústrias e segurança e soberania alimentar contam com mais de 70 atividades realizadas com produtores, sendo destaque, na área do leite, os manejos do rebanho, de pastagens e sanitário, entre outros, que alcançam milhares de bovinocultores nos vales do Taquari e Caí.

Ações que já estão sendo trabalhadas em parceria por ambas as entidades, como a que envolve a análise econômica e produtiva da cultura do milho para a produção de grãos e de silagem podem servir como “embrião” daquilo que a Dália Alimentos e a Emater/RS-Ascar possam fazer em conjunto. “Por meio desta ação, busca-se criar indicadores regionais para a produção de milho silagem, gerando preços de referência para a sua comercialização e difundindo ainda informações técnicas sobre o tema”, salienta o técnico em Agropecuária da Emater/RS-Ascar, Higor Barcellos.

Brandoli concorda que o encaminhamento a respeito de atividades que possam incluir as duas entidades está relacionado à eficiência e a qualificação da parte agrícola, com o trabalho conjunto voltado, por exemplo, à redução dos custos de alimentação. “Este pode ser um caminho para que existam ganhos em competitividade”, analisa Brandoli. “Nossas visões e missões, como empresas, são parecidas, o que permite aferir a existência de um grande potencial para o fortalecimento da cadeia leiteira, a partir de ações conjuntas”, completa o presidente Executivo da Dália Alimentos.

Presente no encontro, o chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR/RS), Osmar Redin, mostrou satisfação pelo fato de representantes da Dália Alimentos e da Emater/RS-Ascar estarem reunidos para uma aproximação e com pensamento conjunto sobre aquilo que possa ser melhor para o público que ambas atendem. “Muito melhor é o trabalho em parceria, pensando nas propriedades como um todo, de forma organizada, associativa e com vistas a levar o melhor em termos de políticas públicas para os agricultores”, comentou.

Texto: Ascom Emater