RSS Rural - Agricultura Destaques Marques de Souza

Dália Alimentos funda o 1º Condomínio Avícola

Grupo constitui 1º Condomínio Avícola da Dália Alimentos (Foto: Carina Marques)
Grupo constitui 1º Condomínio Avícola da Dália Alimentos (Foto: Carina Marques)

Mais um momento importante para marcar a história da Dália Alimentos. Dezoito produtores associados dos municípios de Boqueirão do Leão, Canudos do Vale, Marques de Souza, Pouso Novo e Progresso participaram da fundação do Condomínio Avícola Marques de Souza, nesta quarta-feira, dia 6 de julho.

O empreendimento, que deverá ser implantado na cidade de Marques de Souza, foi criado durante reunião realizada no Centro Pastoral, no município de Progresso. Nomeado de Condomínio Avícola Marques de Souza o empreendimento terá 18 associados, cada um com uma cota, além da cooperativa, que também participará com uma cota.

A reunião foi conduzida pelo assessor jurídico, Reinaldo José Cornelli, e reuniu os produtores interessados que, no mês de maio, participaram das duas primeiras reuniões organizadas pela cooperativa para apresentação e estruturação do projeto. Também participou do encontro o supervisor do Projeto Avícola, Pedro Raul Mallmann, e o gerente da Divisão Produção Agropecuária (DPA), Igor Weingartner.

Cornelli esclareceu dúvidas acerca do projeto e apresentou o Estatuto do condomínio, que foi aprovado por unanimidade pelos presentes. Também foi eleita e empossada a primeira diretoria do condomínio para a gestão de três anos, que ficou assim constituída: Idalmir Nicolini, de Progresso, presidente; Valmor Pappen, de Boqueirão de Leão, vice-presidente; e Rogério Petrini, de Marques de Souza, tesoureiro.

No total serão oito núcleos com oito aviários cada, totalizando 64 aviários. Este é o primeiro de um total de oito condomínios avícolas que serão estruturados e destinados à criação de frango de corte que abastecerá o Complexo Avícola a ser construído na localidade de Palmas, no município de Arroio do Meio.

Ao citar o momento histórico para a Dália Alimentos, Cornelli enalteceu o pioneirismo da cooperativa em realizar um projeto associativo de produção avícola e o importante papel do produtor na construção da iniciativa. “Vocês são peças-chave nessa engrenagem, na produção da matéria-prima que abastecerá o frigorífico. São fundamentais para a concretização deste importante projeto.”

Mallmann reforçou que a cooperativa está ingressando em um novo ramo de negócios, também pensando nas futuras gerações. “A Dália é uma empresa de vanguarda, que pensa na continuidade das suas indústrias e, principalmente, das suas gerações.” Citou, ainda, a preocupação com a tecnologia que será empregada, tanto nas indústrias quanto nos aviários. “Hoje temos umas das melhores aviculturas do mundo e pensamos no que há de melhor. Fatores que, aliados a uma corporação racionalizada e ágil, permitirão a inserção competitiva num mercado em que apenas os mais bem preparados reunirão as condições necessárias para uma disputa exitosa.”

Ao falar sobre o conceito de reunir produtores em formato de condomínio para produzir a matéria-prima, Weingartner disse que o projeto é uma grande oportunidade para os produtores. “A relação entre a Dália e os associados é de uma parceria profunda, a exemplo do que já ocorre na suinocultura e, mais recentemente, na bovinocultura leiteira. Este projeto é pautado em um modelo organizacional inteligente e eficiente. Parabéns por acreditarem, com à Dália, nesta iniciativa e por também serem pioneiros.”

O projeto na visão dos presidentes

O presidente Executivo da Dália Alimentos, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, acrescenta que a cooperativa sente-se imensamente satisfeita em fundar o 1º Condomínio Avícola e entende que o associativismo entre os pequenos produtores consiste na melhor alternativa para que eles possam produzir com escala viável e tecnologia de ponta, permitindo melhores condições na qualidade de vida e resultados mais eficientes. “A Dália Alimentos é uma cooperativa com quase 70 anos, constituída por pequenos produtores, e sempre acreditou que o associativismo, quando feito por pessoas honestas e comprometidas, é a alavanca que impulsiona o desempenho econômico e social de uma comunidade.”

Na visão do presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini, com este projeto a Dália vem ao encontro do princípio do cooperativismo, que consiste em produzir em escala e em conjunto. “Rumo às sete décadas de fundação, mais uma vez a Dália inova, a recente exemplo dos condomínios leiteiros, e agora também com os condomínios avícolas. É chegada a hora de, mais uma vez, produzir de forma associativa, sendo eficientes, gerando renda e proporcionando mais qualidade de vida às famílias associadas.”

Próximos encontros

Os próximos encontros para a definição dos outros sete núcleos de produção de frango de corte serão realizados no decorrer deste mês, nas seguintes datas, sempre às 14 horas, e com os produtores dos seguintes grupos: dia 13, em Relvado; dia 14, em Encantado; dia 19, em Guaporé; dia 20, em Venâncio Aires; dia 26, em Vespasiano Corrêa; dia 27, em Mato Leitão; e dia 28, em Anta Gorda.

Texto: Ascom Dália Alimentos