Vale do Taquari RS RSS Rural - Agricultura

Dália, Plasson e condomínios formalizam parceria para a construção de aviários

Obras em três municípios deverão iniciar até o final deste mês. Formalização ocorreu no dia 14, na sede da Dália Alimentos (Foto: Carina Marques)

A parceria entre a Dália Alimentos, a empresa Plasson e os condomínios avícola foi firmada oficialmente na quarta-feira, dia 14 de novembro. Neste dia foram assinados os contratos para construção de três, de um total de nove núcleos de produção de aves, que integram o Projeto América Sociedade Avícola de Frango de Corte idealizado pela Dália Alimentos.

A Plasson, com sede mundial em Israel e nacional em Criciúma, no Estado de Santa Catarina, é a empresa responsável pela construção, modelo “chave na mão”, dos pavilhões que irão alojar as aves que abastecerão o frigorífico em fase adiantada de edificação na cidade de Arroio do Meio, na localidade de Palmas, na ERS-130.

Para formalizar a inciativa, o presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas; o presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini; o gerente da Divisão Produção Agropecuária, Igor Weingartner e o técnico responsável pelos núcleos, Vanderlei Michelon também estiveram presentes.

Os prefeitos dos municípios de Encantado, Adroaldo Conzatti; de Vespasiano Corrêa, Marcelo Portaluppi e de Mato Leitão, Carlos Alberto Bohn também participaram do momento. Nestes municípios, os sócios de cada núcleo já têm liberado o valor que será investido em cada condomínio avícola. Os presidentes de cada núcleo também compareceram à assinatura.

Freitas enfatizou que a Plasson está assumindo nove condomínios, dos quais estes três terão as obras iniciadas ainda neste mês. “Estamos passando por uma fase de dificuldades e são poucas as empresas que pensam e investem em novos projetos. Um dos diferenciais deste projeto da Dália é o formato e a ampla tecnologia que será implantada”. O Executivo citou, ainda, que recentemente esteve em Israel, a convite da Plasson, com a finalidade de participar de um congresso, conhecer a sede da empresa, as tendências e os desafios da nova avicultura. “Estamos construído aviários do futuro”, pontuou. Piccinini reforçou a parceria público-privada entre cooperativa, produtores e municípios e fez menção ao Sicredi, enaltecendo ser uma cooperativa incentivando outra. “Este será mais um projeto que ficará na história”.

Pela Plasson estiveram presentes o gerente de negócios, Henrique Hobold; o gerente comercial, Andrey Gava Citadin e o representante, Vitor Zanella. “Estamos no Brasil há 22 anos e há dois anos em tratativas e negociações com a Dália. É um projeto de grande magnitude e nossa equipe está ansiosa com mais este desafio”, frisou Hobold.

Cada prefeito também se manifestou. O chefe do Executivo de Encantado, Adroaldo Conzatti, disse que o município terá dois condomínios e adiantou que existe projeto para asfaltamento até os condomínios, em Linha São Luiz. “Estamos na era da modernização e a Dália está em busca disso. De uma coisa, sabemos: quem não buscar a modernização estará fora do mercado”.

Marcelo Portaluppi, prefeito de Vespasiano Corrêa, definiu o momento como importante para o Vale do Taquari. “Nosso sentimento é de satisfação em poder colaborar com a Dália em um projeto de imensa envergadura que, certamente, será um orgulho para o nosso pequeno município, com pouco mais de dois mil habitantes”.

O prefeito de Mato Leitão, Carlos Alberto Bohn, acredita que participar do projeto é investir na diversificação. “Nosso município sediará um condomínio e também o incubatório. O projeto é gigante e acreditamos no potencial da cooperativa para alavancar ainda mais a economia em nosso município”.

Texto: Ascom Dália Alimentos