RS Encantado RSS Eventos

Dália presente na SIAL Paris pela 7ª vez

Márcia e Mayara com representantes da empresa LTDU, da Geórgia (Foto: Divulgação)

Durante a SIAL Paris deste ano, realizada entre os dias 21 a 25 de outubro, uma das tônicas do evento foi o lançamento de uma Campanha Internacional para Recuperação da Imagem dos Setores Exportadores da Cadeia Produtiva de Suínos, Aves e Ovos.

A iniciativa partiu da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX), e visou fortalecer a imagem da proteína animal brasileira no mercado internacional, desgastada em função das operações Carne Fraca e Trapaça. O presidente da ABPA, Francisco Turra e o diretor Executivo, Ricardo Santin, estiveram presentes no lançamento da campanha e também realizaram um tour pelos estandes expositores.

Neste contexto, mais uma vez, a Dália Alimentos esteve presente nesta que é uma das maiores feiras mundiais de alimentos, realizada a cada dois anos. Pela cooperativa participaram a supervisora de Exportação, Márcia Daltoé e a assistente de Logística, Mayara Ganasini. Esta foi a 7ª participação da Dália na SIAL Paris, que marca presença no evento desde 2006. No pavilhão, a cooperativa encantadense apresentou-se junto ao estande da ABPA e da APEX, como ocorre há anos, fortificando a parceria entre ambas entidades.

De acordo com Márcia, os primeiros dias de feira foram de movimentação intensa, diálogos com clientes tradicionais, novos e futuros compradores. “Foram atendidas em torno de 180 empresas entre as quais, aproximadamente, 40% eram conhecidas e as outras 60% novas. Considerando os novos contatos, muitas empresas do Continente Asiático visitaram a SIAL em busca de plantas aprovadas. Tradings em busca de produtos para o Continente Africano, empresas do Leste Europeu com interesse em importar diretamente, não através das tradings tradicionais de quem geralmente compram. Márcia e Mayara também atenderam representantes de companhias marítimas e prestadores de serviços.

A Dália Alimentos também manteve contato com representantes de empresas da Europa, da África, da Ásia e das Américas. “Foram realizados contatos importantes e alternativos para serem desenvolvidos a médio e longo prazos. Estar na SIAL abre portas e mostra que a empresa dá valor ao mercado externo. Percebemos que existe mobilização por parte das empresas brasileiras, que estão investindo na produção, na modernização de plantas e na diversificação do mix de produtos ofertados, além do aumento da produção”, avalia Márcia.

Acesso ao Mercado Comum Europeu

No dia 26 de outubro, após o término da feira, Márcia e Mayara deslocaram-se a Bruxelas, na Bélgica, para participar do Seminário Acesso ao Mercado Comum Europeu, a convite do escritório da APEX de Bruxelas, responsável pelo fomento do comércio entre Brasil e Mercado Comum Europeu. Como painelistas, representantes de empresas que prestam serviços no mercado local e, principalmente, para empresas estrangeiras que desejam desenvolver negócios na Europa. “Foi conveniente para estabelecer contatos e entender um pouco sobre o Mercado Europeu, bastante exigente e rígido quanto às legislações” conclui a supervisora.

Texto: Ascom Dália Alimentos