RS RSS Obras Mato Leitão

Dália prevê início das obras no condomínio em outubro

A previsão é de que a conclusão seja no primeiro semestre de 2019 (Foto: Divulgação)

A construção dos pavilhões do Condomínio Avícola Mato Leitão começa em outubro com previsão de conclusão no primeiro semestre de 2019. O investimento no projeto vai girar em torno de R$ 7,5 milhões, sendo R$ 4,1 milhões nos prédios e outros R$ 3,3 milhões em equipamentos.

Representantes da Dália Alimentos, durante reunião com o prefeito Carlos Alberto Bohn, confirmaram o novo cronograma visando o início dos trabalhos nos prédios (oito no total) em Sampaio Baixo. O planejamento sofreu alterações tendo em vista condições do tempo nas últimas semanas, o que atrasou serviços de terraplenagem do terreno.

Em reunião com o presidente do Conselho de Administração Gilberto Antônio Piccinini e presidente Executivo Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, o prefeito Carlos Alberto Bohn reforçou que a preparação da área é prioridade. “É do nosso interesse concluir o mais rápido possível a parte da Prefeitura. O projeto da rede elétrica já está aprovado e nos próximos dias será definida a empresa responsável pela execução”, afirmou.

Acompanharam ainda a reunião o assessor jurídico da Dália Reinaldo Cornelli, o técnico Vanderlei Michelon e o secretário da Agricultura e presidente do condomínio local, João Carlos Machry. A ideia da cooperativa é iniciar em outubro, as obras nas unidades de Mato Leitão e Anta Gorda.

Núcleos

Estão definidos condomínios em Encantado (duas áreas), Anta Gorda, Marques de Souza, Mato Leitão, Venâncio Aires, Vespasiano Corrêa e Cruzeiro do Sul. Cada núcleo terá oito pavilhões com capacidade total para alojar 275 mil aves/lote.

Incubatório

Além do condomínio, Mato Leitão sediará o projeto do Incubatório. Na unidade serão produzidos 1,2 milhão de pintos que irão abastecer os nove condomínios. O investimento será de R$ 12 milhões. As obras em Palanque Pequeno começam em setembro.

Texto: Ascom Mato Leitão