Solidariedade Destaques Lajeado

Defesa Civil intensifica doações de agasalhos para inverno

Cerca de 9 mil peças estão em estoque

Com a aproximação do inverno, aumenta a procura da comunidade para doar roupas à Defesa Civil. Aumenta, também, a busca de famílias e entidades, que vão até a sede localizada no Parque do Imigrante para solicitar uma roupa mais quente, um colchão ou um cobertor para enfrentar os dias frios. Os meses de maio, junho e julho concentram cerca de 50% do movimento de todo o ano da entidade.

Durante todo o ano, a Defesa Civil de Lajeado, vinculada à Secretaria de Segurança Pública (Sesp), é o órgão público responsável pela recepção, triagem, organização de roupas, calçados e colchões, e também por repassar os materiais a entidades e pessoas necessitadas, funcionando como uma espécie de central de doações em Lajeado. Visto que o inverno está se aproximando, a entidade se prepara para a ampliação do trabalho de recebimento e repasse, pois há um aumento de pessoas que procuram e necessitam de auxílio. Atualmente, cerca de 9 mil peças estão em estoque no local.

Conforme o Coordenador da Defesa Civil, Heitor Hoppe, o órgão recebe doações o ano inteiro de pessoas físicas, empresas e entidades. Para o inverno , há uma procura maior por roupas quentes, roupas de cama, cobertores, travesseiros, colchões e calçados.

Sacolas e caixa com cobertor, brinquedo, roupas, meias e sapatos foram doados recentemente por Sandra Rieth, 36 anos, engenheira agrônoma.”Eu costumo doar para outras entidades mas para a Defesa Civil foi a primeira vez. Doei diversos itens que ainda têm uso e, desta forma, vou ajudar outras pessoas com algo que já foi bom para mim e que agora fará parte da vida delas. O intuito é contribuir com a felicidade de alguém”, ressalta Sandra.

“Foi uma escolha acertada, pois minha preocupação no momento da doação seria permitir que o que está sendo doado seja corretamente destinado a quem realmente precisa. Doar é um ato de humanidade e de ajudar o próximo”, conta o doador Alencar Schmidt Vicentini, 36 anos, analista de custos.

Ações como de Sandra e de Alencar beneficiam entidades e pessoas necessitadas cadastradas no Cadastro Único pelos Centros de Assistência Social (CRAS) do município.

Para quem busca por peças, a equipe da Defesa Civil abre as portas do estoque nas quartas-feiras para receber os interessados. Mas há atendimento também em qualquer dia para casos urgentes. Maria Inêz da Silva, 44 anos, esteve na sala de doações da Defesa Civil na quarta feira, dia 08/05. Ela conta que, a cada três meses, visita o local a procura de roupas que servem para toda a família. Desta vez, levou para casa uma sacola que transbordava vestimentas e satisfação. “Eu sempre procuro com paciência e encontro bastante roupas boas. Doar é um gesto muito importante, pois o que não pode servir para alguém, pode servir na vida de pessoas que mais precisam”, conta Maria.

“Sabemos que durante o inverno o frio no Rio Grande do Sul é intenso. Por isso, contamos com o apoio da comunidade para aquecer o corpo e o coração das pessoas que mais precisam”, destaca Hoppe.

Em 2018, a Defesa Civil de Lajeado, recebeu mais de 16 mil peças e repassou mais de 10 mil. “A expectativa para esse ano é ainda mais otimista, pois de janeiro até abril já recebemos 5,7 mil peças e repassamos 6,1 mil”, destaca Hoppe.

O que pode ser doado:

  • Roupas infantil e adulto
  • Calçados
  • Colchões
  • Travesseiros
  • Roupas de cama
  • Cobertores

Defesa Civil

Endereço: Avenida Parque do Imigrante, s/nº, dentro do Parque do Imigrante (construção rosa em frente ao Restaurante Panorâmico)

Telefone: (51) 3982-1150

Horário de atendimento: de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h45 e nas sextas-feiras das 8h às 14h

 

 

Texto e fotos Pietra Darde
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Lajeado