Artigos - Educação

Demonstração do Resultado do Exercício e suas contribuições na gestão empresarial – por Guilherme Scheuermann

Guilherme Scheuermann (Foto: Arquivo Pessoal)

A elaboração e análise adequada da Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) pode, além de atender a legislação, contribuir de forma significativa para o processo de tomada de decisões. O demonstrativo que contempla receitas, custos e despesas da atividade, descreve de forma matemática como se ocorreu a construção do resultado do empreendimento no período ao qual se refere. Pode-se realizar diversas análises sobre a composição e representatividade das rubricas que compõe o demonstrativo, também, é possível comparar períodos distintos e identificar oscilações, tendências, resultados de ações desenvolvidas e oportunidades de redução nos custos e despesas da atividade.

Identificar se margem de contribuição é suficiente para cobrir os custos fixos também é uma das possibilidades. Assim como, estabelecer relações entre a oscilação do faturamento e a majoração ou diminuição de custos e despesas permite identificar oportunidades de redução que contribuam de forma significativa com a maximização do resultado da organização. Afirma-se ainda, que a DRE permite identificar o potencial de geração de caixa da empresa e se os resultados são satisfatórios frente aos investimentos realizados pelo empreendedor.

A estrutura do demonstrativo ainda pode ser utilizada para realizar projeções de cenário, avaliar questões tributárias e fazer simulações estimando-se o reflexo das ações propostas pelo planejamento estratégico. Conhecer os números e saber das possibilidades de melhoria é essencial. A contabilidade pode e deve ser utilizada como uma ferramenta estratégica pelo gestor. Diante das dificuldades impostas pelo cenário econômico atual e pela concorrência acirrada faz-se necessário ter em mãos informações concretas que subsidiem a tomada de decisões.

Em tempo, é importante ressaltar que o que garante a confiabilidade e comparabilidade das informações são os dados utilizados para o preenchimento da demonstração. Portanto, devem ser fidedignos e representar a realidade do empreendimento. Manter critérios coerentes e uniformes na classificação das receitas, custos e despesas permite uma comparação adequada entre os períodos analisados, fornecendo informações claras e confiáveis.

Guilherme Scheuermann: Contador, Especialista em Finanças e Controladoria, em Docência na Educação Profissional e aluno do curso de Mestrado em Sistemas Ambientais Sustentáveis da UNIVATES.  Trabalha na Contabilidade da Costaneira Arno Johann S/A, empresa do segmento varejista de materiais de construção, proprietário da Scheuermann Consultoria Empresarial e professor na Escola de Educação Profissional Lume.