Educação Teutônia

Dicção e oratória pauta formação para associados das cooperativas escolares

Alunos cooperados das cooperativas escolares tiveram oficina de dicção e oratória

Oficinas foram ministradas pelo radialista, jornalista e professor da Univates Wanderlei de Brito

Nos dias 6 e 7 de maio, os alunos associados das cooperativas escolares de Teutônia participaram de formação oferecida pela cooperativa Sicredi Ouro Branco, atravésServiço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Rio Grande Do Sul (Sescoop/RS). Na oportunidade, os cooperados tiveram quatro oficinas de dicção e oratória, junto à sede da Sicredi Ouro Branco, no Bairro Languiru.

A formação foi ministrada pelo radialista, jornalista e professor da Universidade do Vale do Taquari (Univates), doutor Wanderlei de Brito. Durante o curso serão abordadas as características da linguagem oral; técnicas de utilização da voz, como respiração, colocação e dicção; a postura e domínio da gesticulação; a preparação técnica de uma apresentação; como falar em público com microfone e as técnicas de apresentação: leitura, improviso e roteiro.

Momentos como estes serão oportunizados também nos meses de junho, julho e agosto, com outros temas. Dentre as oficinas previstas estão fotografia, vídeo e de empreendedorismo. As oficinas têm como objetivo contribuir com o desenvolvimento dos jovens cooperados. “Em nome da Secretaria Municipal de Educação, agradecemos a contribuição com a educação destes jovens, parabenizando os participantes e os organizadores desta importante iniciativa. Agradecemos, também, o empenho da comunidade escolar na construção do aprendizado”, frisa Arminda Mariani Hepp, coordenadora pedagógica na Secretaria de Educação de Teutônia.

A iniciativa das cooperativas escolares visa a criação de associações de estudantes, com finalidade educativa, nas quais alunos são incentivados a desenvolver atividades econômicas, sociais e culturais em benefício dos jovens associados. Também trabalham a formação de futuros líderes, gestores, empreendedores e cidadãos.

Através destas organizações os estudantes vivenciam princípios do cooperativismo, participam do desenvolvimento de projetos, oficinas e trabalham disciplinas como gestão, educação financeira, cooperativismo e outras. A adesão das escolas é voluntária e as cooperativas devem ser formadas somente por alunos. Estes terão suporte pedagógico para a implantação e desenvolvimento do programa e um professor orientador.

Teutônia conta atualmente com 10 cooperativas escolares, sendo sete de escolas da rede municipal. O trabalho é coordenado pela Sicredi Ouro Branco pela assessora de Relacionamento Margarete Elisa Mallmann e assistente de Relacionamento Raquel Schwingel, em parceria com a Secretaria de Educação. A iniciativa ainda recebe o suporte do coordenador dos projetos das cooperativas escolares da região, Everaldo Marini.

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer
Assessoria de Imprensa de Teutônia