RS Educação RSS Eventos Destaques Estrela

Educação foi tema de análises e reflexões em Estrela

Mais de 800 pessoas participaram do fórum nos três dias de evento (Fotos: André da Silva/Prefeitura de Estrela)

Estrela sediou, ao fim da última semana, o II Fórum Internacional de Educação do Vale do Taquari. Mais de 800 educadores da região e todo o Estado participaram da série de atividades com renomados profissionais da área que envolveu diversos temas, como gestão escolar; desenvolvimento de docentes; o atual contexto da criança que chega à escola e a aplicação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). As palestras, debates e apresentações culturais ficaram centralizadas no ginásio da Paróquia São Cristóvão, no Bairro Boa União.

Promovido pela Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) e Associação dos Secretários Municipais de Educação do Vale do Taquari (Asmevat), o fórum contou com apoio do Governo de Estrela e teve na organização a empresa Educamax. A palestrante Roberlayne de Oliveira Borges Roballo, doutora em Educação da Universidade Federal do Paraná, abriu a série de pautas ainda na noite de quinta-feira (26/07), em bate-papo exclusivo às equipes técnicas das secretarias de educação da região. Na sexta-feira (27), primeiro dia aberto a todos os educadores, a programação iniciou com a presença do convidado internacional da edição, o espanhol Federico Malpica. Diretor e fundador do Instituto Escalae, sediado na Espanha mas com atuação internacional na busca de inovações pedagógicas, Malpica tratou do tema “O desenvolvimento das competências docentes sob um enfoque reflexivo e participativo”. À tarde foi realizada Mesa Redonda intitulada “A BNCC e as áreas do conhecimento”, na qual diversos profissionais dialogaram sobre como realizar a interação da nova base na prática.

Ainda na sexta-feira, a palestra “Que cérebro é esse que chegou na escola?”, protagonizada pelo pedagogo e psicopedagogo pela Unesp-SP, Geraldo Almeida Peçanha, fechou a programação do segundo dia do evento. Os últimos atos do fórum ocorreram sábado (29), com duas palestras. A primeira, intitulada “As 10 Competências da Base Nacional Comum Curricular”, protagonizada pela doutora em Geografia pela Ufrgs, Roselane Zordan Costella , especialista no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e que trouxe a representação deste na Educação Básica. “Quem ensina, aprende” foi o título da palestra realizada pelo doutor em Filosofia da Educação, Gabriel Perissé, que encerrou a série de pautas. Nos três dias, apresentações culturais foram realizadas. Mais informações, detalhes da programação completa e dados dos palestrantes no site www.forumdovaledotaquari.com.br

Para o presidente da Asmevat, Marcelo Mallmann, também secretário de Educação de Estrela, a avaliação foi positiva. “É sempre muito bom proporcionarmos um aprimoramento a quem busca esta qualificação, e foi o que vimos. Também em especial possibilitar essa troca de experiências, este diálogo entre estes profissionais. Temos tudo para seguirmos com estes eventos aqui em Estrela ou na região, que são um celeiro de bons educadores e de pessoas que se preocupam sim em oferecer e trabalhar com a educação de qualidade”, diz. Para o secretário de Educação de Santa Clara do Sul, Mauro Heinen, um aprimoramento técnico indiscutível. “Temos que nos preocupar sempre em encher as mochilas de nossos educadores com mais e mais conhecimentos, aprimoramentos, o que aqui foi ofertado”, avalia. “Por exemplo, no caso da BNCC, foram muitos esclarecimentos por parte dos palestrantes na forma de como esta terá que ser aplicada. Reforça o papel do professor em sala de aula, cada vez mais na função de mediar o conhecimento, dar mais atenção aos questionamentos ao invés das respostas.”

Texto: Ascom Estrela