Solidariedade Social Coronavírus Roca Sales

Emater solidária: Grupo de Roca Sales confecciona e doa máscaras para proteção contra Covid-19

Foi pensando nas comunidades rurais que a Emater/RS-Ascar e a União Rocassalense de Clubes de Mães organizaram uma ação para confeccionar e doar máscaras para a proteção contra os riscos de contaminação por Covid-19. Até o momento já foram produzidas 300 peças, doadas ao Lar Vale Verde, em Roca Sales, e à Morada do Aconchego, em Encantado. “A intenção é fazer com que os idosos não precisem sair de casa e nem gastar para comprar este equipamento de proteção”, salienta a extensionista da Emater/RS-Ascar, Leandra Bagatini. 

Leandra salienta que a ideia para a elaboração de máscaras surgiu após iniciativa de um grupo de estudantes da Univates, que visava a arrecadar materiais e obter mão-de-obra para a confecção de peças que seriam entregues, posteriormente, a casas geriátricas da região. “Foi assim que percebemos a importância de fornecer as máscaras para a população mais interiorana, que compreende a importância do isolamento social e opta por ficar em casa durante a pandemia”, enfatiza a extensionista. “Assim, está sendo confeccionada uma quantidade considerável de máscaras”, pontua. 

A extensionista avalia ainda que, nesse sentido, a solidariedade tem falado mais alto em tempos de quarentena, especialmente após um decreto da Prefeitura de Roca Sales, que tornará obrigatório o uso de máscaras para os munícipes que circularem pelas ruas ou em ambientes públicos a partir desta quarta-feira (06/05). “Nesse período, temos trabalhado fortemente a conscientização e a adaptação a esse processo”, afirma Leandra, que toma por base as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a importância da utilização da máscara como forma de reduzir os riscos de contágio. 

Como parte das ações, a sócia Nelcy Stormowski costurou inúmeras peças, que foram colocadas para doação em frente a sua casa, naquilo que ela apelidou de “árvore da solidariedade”. No local, as pessoas podem pegar suas máscaras em uma ação que visa a fortalecer o espírito de solidariedade. Para Nelcy, esses pequenos gestos não têm gerado apenas a sensação de bem-estar pelo auxílio dado as pessoas neste momento difícil. “A gente se sente útil, mantém a mente e o corpo sãos, temos a nossa autoestima elevada e ainda encontramos na costura uma forma saudável de nos ocuparmos em tempos de isolamento social”, avalia a artesã.

 

 

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional de Lajeado
Jornalista Tiago Bald