Alimentação Educação Imigrante

EMEF Ernesto Alves e Emater criam viveiro de mudas

Desde o final de abril deste ano, os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Ernesto Alves, localizada na Linha Ernesto Alves, interior de Imigrante, está sendo desenvolvido o projeto de criação de um viveiro de mudas.
O objetivo é a produção de mudas alimentícias, temperos, condimentos, flores, chás, plantas ornamentais, árvores, entre outras, criando um espaço educacional onde os alunos possam ter, além das aulas práticas, mais atividades sobre meio ambiente, cuidado, preservação e conservação do mesmo.

“Estamos realizando um projeto muito importante, não endereçada somente ao âmbito escolar interno, e sim, por toda a comunidade, visto que, as famílias da escola e a comunidade estão ligadas diretamente com isso, fazendo parte desta contribuição e integração.” Afirma a Diretora Crislaine Gelenski Jaguszevski.

Conforme a Técnica em Agropecuária da EMATER/RS-ASCAR, Cristiane Dexheimer, a ideia central é o conhecimento adquirido diante desta prática.  “Os alunos estão aprendendo a importância do cultivo, as diferenças entre as variedades, quanta água, terra e adubo cada uma necessita”, “exemplifica ela.

Este projeto irá acontecer no decorrer do ano, na qual será realizada também pequenas palestras junto com a comunidade escolar, produção de plantas alimentícias e os alunos e familiares poderão dar continuidade ao projeto em suas casas.

 


crédito: Luise Tombini
Assessoria de Imprensa de Imigrante