RS Educação RSS Estrela

Emei Estrelinha realiza palestras e dinâmicas de grupo

Conscientização das diferenças existentes entre alunos foi enfatizado no trabalho (Foto: Divulgação/Emei Estrelinha)

As 11 escolas municipais de Educação Infantil (Emeis) de Estrela retomaram suas rotinas por completo no último dia 5, já com a presença em sala de aula dos mais de 1,5 mil alunos matriculados. Mas o trabalho que antecedeu o retorno às aulas iniciou antes. As equipes diretivas e funcionários realizaram reuniões pedagógicas e organizaram os espaços escolares. Alguns educandários também proporcionaram dinâmicas de grupo. No caso da Emei Estrelinha, palestras e atividades voltadas aos mais de 40 professores e funcionários foram realizadas e os aprendizados já são aplicados junto aos mais de 190 alunos do Bairro das Indústrias.

De acordo com a diretora Fabrícia Dias, foram duas as específicas atividades voltadas ao quadro funcional da Emei, cujos aprendizados são agora colocados em prática com os alunos. A primeira uma palestra com a psicóloga da Secretaria Municipal de Educação (Smed), Carina Assmann, e teve como foco as crianças, seus diferentes ritmos de desenvolvimento, as distintas realidades e o importante papel do educador para o tratamento das mesmas nesta faixa etária. “A gente procurou enfatizar para todos o quanto é importante, principalmente no início de um ano letivo, quando é maior o número de novo alunos, entender que recebemos e precisamos lidar com crianças de características e ritmos diferentes, realidades de vida distintas e que por isso precisamos bem compreender isto para tornar o processo mais natural a todos”, afirma a diretora.

A outra palestra foi ministrada com o coordenador do grupo de teatro Tribo de Rua, Jorge Ronaldo dos Santos, e teve como objetivo melhorar a autoestima dos funcionários e professores. “Foram realizadas técnicas e dinâmicas para autoconhecimento, valorização do profissional, na qual tivemos a oportunidade rir e chorar ao mesmo tempo. Nosso objetivo foi valorizar o profissional que está com a gente, incentivá-los a trabalhar com alegria e entusiasmo, pois isto influencia na rotina de nossos alunos e é a garantia de uma boa qualidade de ensino”, diz. “Nossa expectativa é que assim começasse o ano letivo, e não tenho dúvidas de que ocorreu, e nossa meta é fazer com que este clima persista pelos próximos meses”, atesta a diretora.

Texto: Ascom Estrela