Eventos Destaques Bom Retiro do Sul

Encontros e celebrações reforçaram a valorização e a diversidade cultural de Bom Retiro do Sul

A diversidade cultural e as diversas formas de expressão estiveram em evidência em Bom Retiro do Sul nos dias 17 e 21 de novembro. As manifestações religiosas, artísticas e culturais receberam atenção especial da administração municipal.

Através da Coordenadoria de Cultura, sob a coordenação de Lene Petry, o 1° Encontro Setorial da Cultura Negra foi realizado no Espaço Mais Cultura “Edgar Silvestre Drehmer”, no dia 17, abordando a valorização da
cultura negra, em alusão ao dia 20 de novembro, data em que é celebrado o Dia da Consciência Negra no Brasil.

Dar visibilidade às questões e saberes relacionados à cultura negra, bem como realizar e promover ações de enfrentamento ao racismo e todas as formas de discriminação e preconceito, buscando sempre de forma democrática consolidar uma política de cultura ampla, transversal e que atenda as demandas da diversidade cultural no município, foram temas abordados entre os participantes.

O dia 21 reservou novas celebrações. Pela manhã, junto ao Centro Administrativo, foi realizado um Ato de Axé, onde foram lavados os degraus das escadas em uma celebração tradicional nas religiões Afro.

No início da noite, no Parque Pôr do Sol, novas atividades culturais e artísticas foram desenvolvidas dentro do Festival Somos Todos Black: Ancestralidades e Contemporaneidades. A primeira atração foi à batalha de Break Dance, modalidade que deverá integrar as modalidades dos próximos jogos olímpicos.

Para avaliar as disputas do Break Dance, entre os jurados esteve Vinícius Manzon Reis (Bocão), atual preparador físico da Seleção Brasileira de Break Dance, acompanhado de Maicon da Costa Oliveira e Caíque Machado de Souza. Com empolgantes desafios, a batalha de break foi vencida por Salazar, tendo em segundo lugar Denin e em terceiro, Minitião.

O Festival teve também apresentações de Dança Afro e Afrozumba, pelo Grupo de Dança Afro, do Centro Cultural Afro de Lajeado; Roda de Capoeira pelo Grupo Internacional de Capoeira Oxósse Bahia, de Lajeado, com a participação do Mestre Karkará; apresentação da Escola de Samba Inhandava; show de Rap com Alexandre Zóio e por fim, apresentação do Grupo de Pagode TBT.

Para Lene Petry, estas manifestações culturais engrandecem e valorizam o compartilhamento de construção da identidade da população negra brasileira. “Agradecemos a todos que participaram destes momentos de integração, onde a gratidão e o respeito pela cultura negra, diante de sua grandeza, terão a valorização e a dedicação que merecem”, encerrou Lene Petry.