Investimento Rural - Agricultura Poço das Antas

Energia Fotovoltaica é tema de Tarde de Campo em Poço das Antas

A Emater/RS-Ascar e a Prefeitura de Poço das Antas realizaram na última sexta-feira (11/10) uma Tarde de Campo sobre Energia Fotovoltaica. A atividade foi realizada no auditório e no pátio da Prefeitura e contou com palestras em que foram apresentados aos participantes, os benefícios do sistema que possibilita a produção de energia limpa para as mais diversas atividades, sem impactar o meio ambiente, com redução dos custos de produção e tomando por base o desenvolvimento rural sustentável. 

Na ocasião, o gerente regional da Emater/RS-Ascar Marcelo Brandoli ministrou painel em que fez um relato histórico do uso da energia solar no Brasil, salientando suas vantagens, especialmente para as propriedades rurais que possuem gastos mensais com energia elétrica, superiores a R$ 600. “Por meio do sistema que converte a luz solar em energia elétrica, é possível reduzir a conta em até 95% do valor, sem gerar qualquer dano para o meio ambiente e ainda com a oportunidade de preservar a energia gerada, que poderá ser utilizada em dias com menor incidência de sol”, salienta Brandoli. 

“De qualquer maneira, a fonte solar é a mais ‘democrática’ entre as energias renováveis, já que o Brasil tem um potencial fantástico, recebendo mais sol do que outros países, como a Alemanha, que mesmo assim possuem 1,5 milhões de painéis instalados”, completou o palestrante. O gerente concluiu afirmando que o sistema é uma grande oportunidade para os agricultores, já que possibilita a produção de energia para qualquer atividade, como irrigação, secagem e armazenagem de grãos, estufas e criação intensiva de animais, sem dependência de rede elétrica para funcionar. 

A Tarde de Campo contou ainda com a participação do representante da empresa CMW Energia e Aquecimento Solar, Adinei Dessbesseli, que deu detalhes sobre a instalação dos painéis, que podem ser em telhados ou no solo, sendo capazes de funcionar sem ruídos e com baixa manutenção durante muito tempo. Em sua fala, disse que o valor do investimento pode variar de acordo com o dimensionamento, podendo variar de R$ 15 mil a R$ 150 mil, sendo o retorno do investimento previsto para ocorrer em, no máximo, 10 anos. 

Durante a atividade também houve painel ministrado pelo gerente do Sicredi André Wallauer, que apresentou os programas de financiamento disponíveis para a implantação do sistema, sendo a linha mais atrativa a do Pronaf Eco, com juros de 3% ao ano e prazo para quitação de até 10 anos. Outras autoridades, como o prefeito  de Poço das Antas Ricardo Flach e os secretários de Agricultura e Meio Ambiente Laércio Flach e de Administração Jair Schneider também participaram do encontro, ressaltando a iniciativa e o trabalho em parceria para a sua consolidação.

 

 

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional de Lajeado
Jornalista Tiago Bald