Eventos Destaques Estrela

Entrega de prêmios e troféus valoriza os maiores produtores de leite de Estrela

O Salão do Agronegócio da Estrela Multifeira protagonizou um momento histórico e de grande valorização para o setor produtivo do leite neste sábado à noite (6). Com a presença de dezenas de produtores rurais, autoridades e lideranças, ocorreu a divulgação do 1º Concurso Leiteiro, destacando os melhores com troféus e prêmios após 27 visitas de avaliação nas propriedades (setembro e outubro), a cargo de representantes da Emater/RS – Ascar, Launer Química e Secretaria da Agricultura de Estrela. Os brindes foram oferecidos por Launer Química, Sicredi, Agropecuária Machado, Dália Alimentos, Getúlio Máquinas e Languiru. 

Os produtores foram divididos nas modalidades tecnológica (que engloba aqueles que possuem robôs de ordenha) e convencional, sendo avaliados a partir da medição do leite de três animais e dados de qualidade e higiene da propriedade.

Ao lembrar as incertezas e desafios vencidos, o presidente da comissão organizadora, Leandro Kremer afirmou que essa Estrela Multifeira é histórica porque está fazendo diferente, sendo o Concurso um dos exemplos. “Vamos melhorar este setor do Agro, alavancar e dar vitrine a ele”.  Prefeito de Estrela, Elmar Schneider observou o avanço do meio rural do município e o protagonismo do campo, a nova geração que toca as propriedades e sentenciou: “a agricultura é fundamental para o desenvolvimento”.  

Relatório Socioeconômico

O evento também serviu para compartilhar com o púbico o Relatório Socioeconômico da Cadeia Produtiva do Leite no Rio Grande do Sul – 2021. Veterinário da Emater/RS-Ascar, Martin Schmachtenberg apresentou dados estaduais, como a diminuição do número de produtores, que segundo ele acabaram migrando para outras áreas do campo. “O número total de produtores do RS que vendem leite para as indústrias diminui em 7.336/ano, ou 20 por dia. Vejam a responsabilidade que vocês têm pelo que outros estão deixando de fazer, e tenho certeza que vão fazer muito bem”. O material também revela a importância social e econômica para a região, como 4.591 famílias envolvidas (244 em Estrela) que comercializam com indústrias e 429.231.487 litros anuais, que equivale a 10,6% do Rio Grande do Sul. 

Premiados:

CATEGORIA TECNOLÓGICA: 

TRIO MAIS PRODUTIVO (soma da média da produtiva das 3 vacas leiteiras selecionadas para o concurso)

VENCEDOR é Hélio Fell

Média de 195,33 litros.

NOVILHA MAIS PRODUTIVA (média produtiva de uma vaca em sua primeira lactação)

VENCEDOR: Hilário Fell

Novilha 450 com média de 54,23 litros

VACA MAIS PRODUTIVA (somatório da produção do animal durante os meses de avaliação)

VENCEDOR: Hélio Fell 

Vaca 68 com média de 81,47 litros

PROPRIEDADE DESTAQUE (refere-se a uma combinação de fatores informativos em relação a qualidade do leite, coletados juntamente a empresa captadora) 

VENCEDOR: Hilário Fell 

 

CATEGORIA CONVENCIONAL: 

VACA MAIS PRODUTIVA (somatório da produção do animal durante os meses de avaliação)

VENCEDOR: José Adão Braun

Vaca 341 com média de 55,64 litros

TRIO MAIS PRODUTIVO (refere-se a soma da média da produtiva das 3 vacas leiteiras selecionadas para o concurso)

VENCEDOR: Estrelat – Roberto e Eliana Oliveira

Média de 145,31 litros

NOVILHA MAIS PRODUTIVA (refere-se à média produtiva de uma vaca em sua primeira lactação)

VENCEDOR: Pedro Lenhard e Família

Novilha 694 com média de 45,91 litros

MELHOR ORDENHA DO DIA (refere-se à quantidade de leite produzido em somente um dia de ordenha)

VENCEDOR: José Adão Braun 

Vaca 341 com 64,42 litros em uma única ordenha

PROPRIEDADE DESTAQUE (refere-se a uma combinação de fatores informativos em relação à qualidade do leite, coletados juntamente a empresa captadora)

VENCEDOR: Estrelat – Roberto e Eliana Oliveira