Artigos - Geral

“Entrevista de seleção – Você está preparado?” – por Márcia Sehn

Márcia Sehn (Foto: Divulgação)
Márcia Sehn (Foto: Divulgação)

Todos sabemos que um currículo bem elaborado influencia, mas não é o suficiente para o sucesso na busca por uma oportunidade profissional.

Se você foi convidado para uma entrevista de emprego com um recrutador é sinal que já passou por uma etapa importante no processo seletivo. Você pode – e deve – ficar entusiasmado, mas precisa estar atento ao próximo passo. Para se sair bem na fase da entrevista, que é o momento-chave no processo de contratação, você precisa pensar no que vai falar, na forma como vai organizar suas ideias e se preparar para as mais variadas perguntas.

É preciso se preparar para as entrevistas? A resposta é sim!! Estar preparado e seguro ajuda, e muito, na performance em uma entrevista de emprego.

Destaco algumas dicas importantes para ter sucesso e segurança em entrevistas de seleção:
•    Comece organizando suas ideias para a entrevista. Revise seu currículo e memorize as informações.
•    Seja pontual. Certifique-se de que você sabe chegar no local da entrevista no horário combinado.
•    Busque informações da organização, sua imagem, produtos e serviços que oferece ao mercado e notícias recentes. Acesse o site da empresa.
•    Seja claro, sincero e objetivo.
•    Seja um bom ouvinte. Não interrompa o entrevistador nunca e fale o necessário: nem muito, nem pouco,
•    Tenha uma postura profissional.
•    Destaque os conhecimentos relacionados ao cargo. Procure falar dos resultados e as realizações obtidas em outra empresas.
•    Esgotadas as dúvidas do entrevistador, aproveite para fazer perguntas sobre as características e responsabilidades do cargo.
•    Demonstre criatividade. Tente ajustar sua especialidade às necessidades da empresa.
•    Tenha clareza de seus objetivos profissionais no momento de analisar a proposta.

Alguns deslizes que você jamais deve cometer durante uma entrevista:
•    Falar mal do ex-chefe ou das empresas que trabalhava anteriormente,
•    Posicionar-se como vítima de injustiças, pois sugere que você guarda alguma mágoa. Controle suas emoções.
•    Alongar-se demais nas respostas, perder a objetividade.
•    Descuidar-se da imagem pessoal.
•    Mentir. O entrevistador é especialista e percebe facilmente quando um candidato não está falando a verdade.
•    Não demonstrar interesse pela oportunidade que está sendo apresentada.

O sucesso e a saúde da empresa dependem das pessoas que são selecionadas para nela trabalharem e é importante ressaltar que não existe candidato bom ou candidato ruim. O que existe é o candidato com perfil mais adequado ao cargo e a cultura da organização.

Por fim, lembre-se de deixar sua marca pessoal, pois mesmo que você não venha ocupar a vaga disponível, a impressão positiva certamente lhe abrirá portas no futuro.

Ótima semana!!!

Marcia Sehn – Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Pós-Graduada em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas