RS Educação RSS Mato Leitão

Equipe Orienta professores na Educação Fiscal

Em 2018, o NFG distribuirá R$ 30 milhões em prêmios (Foto: Divulgação)

Em uma ação conjunta entre as duas entidades habilitadas no Programa Nota Fiscal Gaúcha, Colégio Estadual Poncho Verde e Estratégia Saúde da Família (ESF), foi realizada na última segunda-feira, 24, uma palestra aos professores do educandário.

O objetivo do encontro foi o de dar ênfase a educação fiscal, destacando o programa como instrumento eficaz de cidadania no combate à sonegação. O secretário de Finanças, Cleberton Ferreira da Silva, responsável pela entidade ESF de Mato Leitão, e a professora Daniela Menezes (Poncho Verde) conversaram com os educadores.

Foram abordadas as seguintes questões: cadastro no NFG através do CPF; benefícios que o cidadão recebe como prêmios em dinheiro e descontos no valor do IPVA; indicação de entidades beneficiadas (podendo ser até cinco); boato de que o Estado irá controlar os gastos pessoais por conta do CPF (não identifica o verdadeiro responsável pela compra); benefícios e pontuação para entidades; aplicações e prestação de contas.

Os palestrantes destacaram ainda a função social do programa que beneficia tanto os cidadãos apoiadores, como principalmente as entidades habilitadas, que pode ser nas áreas de Educação, Saúde, Assistência Social e sociedade de Defesa Proteção dos Animais.

Entidades:

Mato Leitão apresenta os seguintes números das duas entidades, com um total de R$ 127.844,90, entre os anos de 2003 e 2018. Colégio Estadual Poncho Verde recebeu R$ 41.846,15 (55 etapas) com 601 cidadãos apoiadores (13,50%). A Estratégia Saúde da Família (ESF) obteve R$ 85.998,75 (48 etapas) e 445 apoiadores (10%).

Saiba Mais:

Em 2018, o Programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG) que foi instituído através da Lei nº 14.020 (25/07/2012), antes chamado de Programa Solidariedade (2003), distribuirá R$ 30 milhões em prêmios.

Texto: Ascom Mato Leitão