Região RSS Geral

Escola do Leite capacita 170 produtores e entrega certificados

?Formandos totalizaram 170 pessoas que receberam diploma de participação (Foto: Carina Marques)
?Formandos totalizaram 170 pessoas que receberam diploma de participação (Foto: Carina Marques)

Com melhorias significativas na produção de leite, o casal Jacir (47) e Dalvina Bortolotto (44) participou de uma etapa que marcou mais um passo para o incremento da atividade leiteira. Eles se deslocaram da comunidade de Campo Novo, no interior do município de Fontoura Xavier, onde residem, para participar da formatura da Escola do Leite da Dália Alimentos.

No início do mês de julho, Bortolotto e a esposa juntaram-se a outras 170 pessoas que lotaram o Ginásio da Escola Estadual São Francisco, em Progresso, oportunidade em que receberam o certificado de 100% de frequência às aulas do novo modelo de assistência técnica da cooperativa.

O projeto Escola do Leite foi desenvolvido junto aos produtores associados da região de Progresso, no decorrer do ano passado. Foram dez módulos que reuniram 170 pessoas com perfil semelhante ao da família Bortolotto, que produz uma média de quatro mil litros de leite mensalmente, com um rebanho de 12 vacas em lactação. Associado à cooperativa há cerca de oito anos, Bortolotto elogiou a iniciativa e disse que o conteúdo aprendido durante as aulas foi revertido em benefício para a propriedade com 12 hectares. “Depois que participamos dos encontros baixamos a CBT e a CCS, melhoramos a ordenha e fizemos novos amigos”, avalia o produtor.

A cerimônia com entrega dos diplomas foi conduzida pelo o supervisor do Setor de Gado Leiteiro, Fernando Oliveira de Araujo, que avaliou a participação dos produtores como gratificante. “Foi uma presença maciça nas aulas, o que nos deixou entusiasmados e fez perceber o quanto eles valorizaram e aproveitaram cada encontro. É um trabalho que temos retorno.”

Também estiveram presentes, prestigiando o evento e entregando os certificados aos formandos, o presidente do Conselho de Administração da Dália Alimentos, Gilberto Antônio Piccinini, e o presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas. Piccinini disse que o diploma entregue representa a informação que cada um adquiriu, reforçando que se trata do maior patrimônio que a pessoa pode ter. “Hoje, o conhecimento é primordial, é algo que ninguém tira. Nosso foco é agregar valor às pequenas propriedades e a Escola do Leite tem este propósito, também. Meus cumprimentos às famílias formandas.”

Freitas, por sua vez, enfatizou que a Escola do Leite é o novo modelo de assistência técnica da cooperativa e que o objetivo está em oportunizar melhores resultados aos associados que produzem leite. “Findamos mais uma região, com encontros que obtiveram expressiva participação de público.”

Desde o mês de abril, a Escola do Leite está instalada na região de Arroio do Meio. Dados apontam que 44% dos produtores da região estão participando dos encontros, o que representa em torno de 160 propriedades. A região possui 373 associados participantes do Programa Leite.

Texto: Ascom Dália Alimentos