Vera Cruz RS RSS Obras

Escola tradicional de Cruz Alta é contemplada com investimento do Governo do Estado

A obra iniciou no dia 05 de setembro e tem prazo para conclusão de 18 meses (Foto: Jean Maidana/Ascom SOP)

O governo do Estado está investindo R$ 11.093.817,27 na reforma e ampliação da Escola Estadual de Educação Básica Margarida Pardelhas. A tradicional escola do município de Cruz Alta, criada em 1914, atende cerca de 800 alunos da rede estadual de ensino. A obra iniciou no dia 05 de setembro e tem prazo para conclusão de 18 meses.

A Construtura Solo, com sede no município de Concórdia é a responsável pela execução da obra. A empresa já realizou a desmontagem da estrutura da quadra de esportes; a demolição do prédio do refeitório, da biblioteca e a terraplanagem da área onde será construído o prédio principal da escola. Atualmente a obra está em fase de fundações e infraestrutura.

O secretário estadual de Obras, Saneamento e Habitação, Rogério Salazar destacou os investimentos do governo na área da educação. “Através do trabalho conjunto entre a SOP e SEDUC conseguimos resgatar o projeto e dar celeridade ao processo, atendendo esse importante pleito da comunidade escolar”, disse, fazendo referência também à secretaria estadual de Educação. “A obra representa um dos maiores investimentos na área da educação no interior do estado, demonstrando o compromisso do governo em oportunizar melhores condições para o ensino. Até o final do ano mais de mil escolas da rede terão sido beneficiadas com obras”, completou.

Para a coordenadora regional de Obras Públicas da 9ª CROP, Flávia Marangon, o trabalho conjunto e o diálogo foram essenciais para o grande volume de investimento em Cruz Alta. “Através do trabalho conjunto entre as coordenadorias regionais de Obras Públicas e de Educação, conseguimos avançar e trazer ao município de Cruz Alta importantes investimentos na área da educação. Procuramos desde o início estabelecer as principais demandas e prioridades, conseguindo atender pleitos importantes como o início das obras da escola Margarida Pardelhas e da reforma da cobertura da escola Venâncio Aires”, destacou.

O que será feito

Serão construídas salas de aula, sala para a administração, biblioteca, laboratório, sanitários PNE, refeitório e áreas de serviço. A nova edificação ficará mais à frente no terreno, onde existiam as quadras esportivas abertas. Essa ação vai oportunizar a ampliação e o melhor aproveitamento do novo pátio coberto e do pátio interno da escola.

O bloco 3 do auditório, localizado no centro do terreno, será inteiramente reformado, incluindo a substituição do forro de telha colonial e da estrutura de sustentação por uma nova. Também estão previstos o investimento em paisagismo, drenagem do terreno, passeio público, iluminação, construção do cercamento no perímetro da escola e de uma nova quadra poliesportiva. A escola também terá Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) e acessibilidade completa, conforme as normas técnicas vigentes.

De acordo com o analista arquiteto da 9ª CROP e coordenador da equipe de fiscalização da obra, Felipe Mello, o projeto representa um dos maiores investimentos na área da educação em Cruz Alta. “O projeto é considerado um dos maiores na área da educação em execução no interior do estado. A empresa responsável pela execução da obra está trabalhando na finalização das perfurações para concretagem das estacas de concreto. Já foi concluída a etapa de remoção da antiga quadra de esportes, a demolição de dois prédios e a terraplanagem da área onde será construída o prédio principal da instituição”, informou.

A 9ª Coordenadoria Regional de Obras Públicas, com sede no município de Cruz Alta é a responsável pela fiscalização e acompanhamento da obra.

Investimentos em Cruz Alta

No município de Cruz Alta além da escola Margarida Pardelhas, o governo do Estado investiu na reforma das escolas Venâncio Aires, Arnaldo Ballve, Hildebrando Westphalen, Ana Veríssimo Alves, Belarmino Cortes, José Carlomagno e Annes Dias.

O coordenador Regional de Educação da 9ª CRE, Gustavo Bilibio falou sobre a importância do investimento. “A reforma e ampliação da escola Margarida Pardelhas era uma das principais demandas da comunidade escolar de Cruz Alta.

Através do trabalho e esforço do governo do Estado, conseguimos fazer com que essa importante demanda pudesse sair do papel, demonstrando o comprometimento do governo na área da educação. Só em Cruz Alta na área da educação contando com a obra do Margarida serão investidos mais de R$ 13 milhões”, destacou o coordenador.

Na EEEB Venâncio Aires foram investidos R$ 152.511,09 na reforma da cobertura do prédio principal da instituição de ensino, atendendo uma antiga demanda da comunidade escolar.

Na EEEM Hildebrando Westphalen foi investido R$ 250 mil na reforma das instalações elétricas. Na EEEF Dr. Catharino Azambuja foram destinados R$ 202.409,15 para a construção do cercamento da escola.

Também foram investidos mais de R$ 200 mil na reforma parcial da cobertura das salas de aula e na construção do muro nas dependências da EEEF José Carlomagno.

Na EEEF Ana Veríssimo Alves foram investidos R$ 78 mil na reforma parcial da cobertura e no sistema de distribuição e esgoto cloacal. A EEEM Major Belarmino Cortes também foi contemplada com as reformas das instalações hidrossanitárias, construção de fossa séptica e reforma e adequação das calçadas do passeio público, investimento de R$ 59.869,68.

Serão investidos R$ 180 mil na reforma do muro e cercamento da EEEF Arnaldo Ballve. Também está previsto o processo licitatório para construção da quadra poliesportiva da EEEF Dr. Gabriel Álvaro de Miranda.

Texto: Ascom Cruz Alta