Segurança RS Destaques

Estado e municípios debatem parceria para coletar dados estatísticos criminais

Secretaria estadual discutiu tema com servidores das Guardas Municipais de Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo (Foto: Divulgação/SSP)

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) irá alinhar estratégias de coleta e tratamento de dados estatísticos com municípios que também desenvolvem a atividade. Nesta quarta-feira (12), o diretor do Departamento de Integração, Planejamento e Políticas de Segurança (DIPS), Marlo-Hur Vieira, e o coordenador Observatório Estadual da Segurança Pública, Roberto Donato, receberam servidores das Guardas Municipais de Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo para entender as dificuldades e necessidades de cada cidade.

Apesar do acesso ao sistema do Consultas Integradas, há uma dificuldade na pesquisa dos dados por parte dos observatórios municipais. No encontro, os guardas municipais abordaram a necessidade de receber apoio da SSP para coletar e compreender os dados estatísticos criminais. Em contrapartida, os observatórios municipais e setores de análise e estatística se comprometeriam a enriquecer o banco de dados estadual com informação locais.

Foi proposta a criação de uma Rede Estadual de Observatórios de Segurança Pública, englobando todos os municípios participantes do Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM) que possuem estruturas voltadas à análise de dados. Outros encontros serão agendados para a elaboração de uma metodologia específica que atenda a necessidade de todos municípios envolvidos na estratégia.

A rede terá o intuito de aproveitar o conhecimento dos agentes municipais para aprimorar os dados, traçando perfis específicos locais. Também busca a interlocução com os poderes municipais na elaboração de normas que possibilitem, por exemplo, a delimitação de bairros e territórios, para que seja possível georreferenciar as ocorrências, aprimorando a precisão na exposição de resultados para tomada de decisão.

Texto: Ascom SSP
Edição: Gonçalo Valduga/Secom