Segurança Destaques Estrela

Estrela interdita acesso de veículos à ponte

Estrutura de ferro e madeira, construída em 1949, que liga o Bairro Boa União à Linha São José, foi comprometida nos últimos dias pelo excesso de fluxo e laudo indica seu bloqueio

Um dos trajetos mais utilizados pelos motoristas após o acidente com o caminhão-tanque na BR-386 não poderá mais ser acessado nos próximos dias e não têm previsão de retorno. Um laudo técnico de uma equipe externa de engenheiros especializados, contratada pela Prefeitura de Estrela, confirmou o que outros levantamentos já indicavam. A estrutura da ponte que liga a Rua João Lino Braun, no Bairro Boa União, à Rua Adauto Cardoso, na Linha São José, ainda na zona urbana do município, ficou comprometida com o excesso de fluxo nos últimos dias. Como precaução e a devida segurança dos usuários, a empresa indica a sua interdição, o que foi aprovado pela equipe de engenharia da Administração Municipal após análise dos estudos. O bloqueio ocorrerá nas próximas desta sexta-feira (19). O município assinou nesta quinta-feira (18) o decreto (nº 041/2021), que instala Situação de Emergência no município em razão das consequências do acidente e dos problemas relacionados.

Logo após o acidente, o trajeto que passa por um dos maiores bairros do município começou a ser utilizado por motoristas que precisavam se deslocar entre Estrela e Lajeado, nos dois sentidos. Como permite a passagem de apenas um automóvel por vez, causou congestionamentos e transtornos aos motoristas nos dois lados da cabeceira e muito incômodo aos moradores locais. A ponte, construída em 1949, antes utilizada por não mais do que 400 veículos, isso nos dias de maior movimento, chegou a ter fluxo de até sete mil carros e motos, mais de 500 por hora. Horas depois passou a ser utilizada apenas no sentido Interior-Capital. O movimento diminuiu um pouco, ainda assim superior a 4 mil veículos/dia.

Antes acessada por apenas um carro por vez, passou a ter nos momentos de maior movimento até quatro automóveis ao mesmo tempo em seu vão. E mesmo proibido o tráfego de caminhões, a medida nem sempre foi respeitada. A sinalização física de madeira que limitava a altura permitida dos veículos mais altos e pesados foi duas vezes arrancada por motoristas infratores. Uma nova, de ferro e mais forte, foi recolocada no local nesta quinta-feira (19).

A estrutura da ponte foi reformada no fim de janeiro, em uma das primeiras ações da atual gestão do governo do Prefeito Municipal Elmar Schneider. Com as intervenções, tinha totais condições de seguir sendo utilizada em seu fluxo normal por mais algum tempo. Ainda assim, a Administração Municipal já havia encaminhado projeto ao Daer solicitando a construção de uma nova ponte, de concreto armado e duas vias, o que daria mais segurança e desafogaria o tráfego de acesso à BR-386, a RS-129 e RS-453 (Rota do Sol) nos momentos de maior pico, como ocorre ao fim das tardes e na volta dos feriados, ampliaria as rotas alternativas e serviria de suporte à BR-386 em possíveis casos similares e momentos que precise ser interrompida, como em manutenções. Neste momento, a Administração Municipal estuda planos alternativos de curto, médio e longo prazo.


Demais acessos

A Prefeitura de Estrela também vai, nas próximas horas, restringir a circulação de veículos pesados pela estrada municipal que passa pela Linha Geraldo, no interior. Trata-se de outra rota que está sendo utilizada para desvio do fluxo da rodovia federal, este sim permitindo a passagem de veículos pesados. Mas a poeira e os buracos decorrentes do aumento do fluxo e as chuvas das últimas horas prejudicaram demais a situação do trecho e trouxeram muitas reclamações por parte de moradores da área. Como o trecho pela estrada municipal Boa Vista, que também permite o acesso a RS-129 segue bloqueada, a rota via Linha Geraldo será a única que a partir de agora ainda permitirá o acesso de veículos leves para quem busca se deslocar na direção de Estrela a Colinas, Lajeado e outros pontos da zona Norte do Vale, o que incidirá no aumento do fluxo. Assim, a medida de bloqueio parcial foi tomada por precaução. Placas de sinalização serão instaladas.