Região Educação RSS Destaques

Estudante Encantadense pesquisa os conflitos interpessoais existentes no comércio de Encantado e Lajeado

WhatsApp Image 2017-03-15 at 07.25.59
Camila Maria Borzatto fez sua pesquisa no comércio de Encantado e Lajeado (Foto: Divulgação)

Os conflitos interpessoais fazem parte do ambiente de trabalho. Com o intuito de analisar como os líderes resolvem e previnem conflitos internos em suas empresas privadas, para melhorar e motivar os colaboradores, a estudante Camila Maria Borzatto realizou uma pesquisa com 24 casas comerciais de Encantado e Lajeado.

A abordagem, iniciada em julho de 2016, foi o trabalho de conclusão do curso Técnico em Administração da Lume Centro de Educação Profissional. Os resultados foram obtidos através de questionários que também investigaram os valores, atitudes, fatores causadores, percepções e motivações do comércio.

“De acordo com os resultados apresentados na pesquisa, pode-se observar que existem diversas oportunidades na área do atendimento, à fim das empresas cultivarem um ambiente de comunicação mais predominante e assertivo. Ou seja, se o funcionário não tiver suas responsabilidades claras, definidas, há o risco de desentendimentos internos. Do mesmo modo, um gestor que não se comunica com frequência para relatar o desempenho e as oportunidades de melhoria para a equipe, corre o risco de manter um time de trabalho desmotivado”, explica Camila.

Ao fazer a relação entre a teoria e a prática, Camila pode destacar algumas dicas que evitam a ocorrência de conflitos. São elas: garantir uma comunicação clara, transparente e objetiva; assegurar que as informações sejam compartilhadas com todos os colabores, sem exceções; promover feedbacks constantes com a equipe; garantir que as responsabilidades de cada colaborador estejam claras e definidas; treinar e desenvolver a equipe sempre que possível e necessário; avaliar o desempenho da equipe e realizar reuniões mais constantes para atualizar assuntos e evitar ruídos internos.

“Durante o trabalho constatei que os chefes ainda precisam desenvolver suas habilidades de líderes. A gestão de pessoas não é uma tarefa simples, mas quando bem executada, garante os resultados positivos para qualquer negócio, afinal, sem pessoas não há resultado!”, conclui a Técnica em Administração.

Camila fez parte da primeira turma de Encantado que se formou no Técnico em Administração. Segundo ela, os ensinamentos obtidos no curso podem ser usados em qualquer área de trabalho. “Acredito que todos deveriam fazer um curso de administração, mesmo quem não irá atuar na área, para conhecer melhor seus direitos, deveres; o melhor modo de empreender; entender o famoso balancete sobre a empresa que sai no jornal; entender o que está realmente ocasionando a crise; aprender a lidar com pessoas e também entender que você não é um mero “funcionário” e sim um colaborador que faz a empresa crescer. No curso, com o passar de tempo, você acaba se identificando com uma área especifica, a minha, por exemplo, foi gestão de pessoas e foi assim que acabei escolhendo o meu tema do trabalho de conclusão. Uma dica: escolha um tema do seu interesse, que desperte a sua curiosidade, assim o trabalho não será tão maçante”.

Texto: Portal Região dos Vales