RS Educação RSS Destaques Estrela

Estudantes da rede municipal apresentam trabalhos à comunidade

As 20 escolas expuseram os trabalhos realizados durante o ano (Foto: Paulo Ricardo Schneider)

A comunidade teve oportunidade de conhecer de perto os trabalhos realizados pelos alunos das escolas municipais de Ensino Fundamental e Educação Infantil de Estrela. No sábado (20.10) pela manhã o Governo Municipal, por meio da Secretaria de Educação, levou às ruas, com o evento “Educação na Praça”, os projetos desenvolvidos pelos educandários. Enquanto a p

A comunidade teve oportunidade de conhecer de perto os trabalhos realizados pelos alunos das escolas municipais de Ensino Fundamental e Educação Infantil de Estrela. No sábado (20.10) pela manhã o Governo Municipal, por meio da Secretaria de Educação, levou às ruas, com o evento “Educação na Praça”, os projetos desenvolvidos pelos educandários. Enquanto a pequena Nicole Evelyn Semler, de 1 ano e 4 meses, manuseava curiosa os objetos expostos pela Escola de Educação Infantil Paulo Freire, alunos da Escola de Ensino Fundamental Arnaldo José Diel, de Linha Lenz, por exemplo, explicavam aos visitantes trabalhos feitos por eles.

Natália Becker Delwing (15) e Marlon Andrei Ströher (14), do 9º ano, apresentaram o jornal “Nona Hora”. Explicavam todo o processo de preparação, a partir da leitura de uma das obras do escritor Antônio Schimeneck, que foi patrono da Feira do Livro; conversa com o jornalista Rodrigo Angeli, da Assessoria de Comunicação da prefeitura; videoconferência com o patrono da feira e, por fim a produção dos textos. Outra obra de Schimeneck também inspirou colegas do 8º ano da mesma escola, que produziram maquetes a partir do livro de contos “7 histórias de gelar o sangue”.

Cooperativas:

Em outro ponto da praça as cooperativas escolares também apresentavam seu trabalho. Entre elas a CooperLeo, da Emef Leo Joas, do Bairro das Indústrias. Fundada em 9 de outubro e com 48 alunos associados, do 6º ao 9º anos, produz doces de coco e brigadeiro. A presidente é a aluna Maria Eduarda Lemes da Silveira, e as professoras orientadoras são Teresinha Negri e Ângela Schossler. “A cooperativa tem seu estatuto, o qual estabelece que 10% da renda obtida com as vendas são destinados para um fundo de reserva e 90% formam um fundo rotativo, usados, por exemplo, para a realização de um curso para os alunos. Deve-se ressaltar que é em benefício dos associados e da comunidade escolar. São os alunos que decidem como os recursos serão investidos, em benefício de toda a comunidade escolar”, explica Ângela.

Nos gazebos das 20 escolas da rede municipal trabalhos sobre os mais variados temas puderam ser conferidos. Literatura, saúde, trânsito, leitura, reciclagem de materiais, história e outros foram apresentados sob as mais diversas formas, dando um colorido especial à manhã ensolarada do último sábado, que levou grande número de pessoas a visitar e conhecer os projetos das escolas. O objetivo da iniciativa, conforme o secretário de Educação Marcelo Mallmann, é promover a integração com a comunidade e dar visibilidade aos trabalhos produzidos pelos alunos. A rede municipal de Estrela conta com 11 escolas de Educação Infantil (creches), que atendem quase 1.600 crianças. São nove escolas de Ensino Fundamental, com 1.896 alunos, das quais cinco têm Educação Infantil, quatro delas no interior.

Texto: Ascom Estrela