Artigos - Educação

“Eu quero ser um americano” – por Eder Marinho Baierle

Professor Eder Marinho Baierle (Foto: Divulgação)

Semana passada vi uma matéria no “Bom dia Brasil” falando que apenas 20% dos brasileiros conseguem guardar um pouco de dinheiro, fato comprovado pela Beatriz Cutait onde ela afirma que 76% da população economicamente ativa não possui nenhuma espécie de aplicação financeira e vou confessar a vocês, isso me assusta…qualquer pessoa sabe que para que tenhamos segurança financeira no futuro obrigatoriamente devemos guardar dinheiro agora para aproveitar no futuro, mas o que me assusta ainda mais é conhecer os motivos que levam as pessoas a não guardar dinheiro, pretendo contar a vocês abaixo o porquê isso acontece.

A maioria de nós diz: “Eu quero ter dinheiro”, “Eu gosto de dinheiro”, “Eu preciso de dinheiro”, mas somente 2 em cada 10 brasileiros se planejam para tê-lo. Acho estranho somente alguns terem o que todos querem, mas… entendo o porquê isso acontece. Nos meus 10 anos de assessor financeiro consegui entender como funciona a cabeça das pessoas que investem seu recurso comigo cheguei a seguinte conclusão:

– “Eles são Americanos” não de nascimento nem mesmo de nacionalidade, mas sim de comportamento. A cultura nos EUA é evidenciada para o investidor participar do mercado. Pensando no longo prazo, ele investe continuamente, mantendo a disciplina, o americano busca analisar empresas em crescimento, companhias que estão sempre investindo, crescendo nas suas receitas e na sua produção. “O percentual de investidores americanos em bolsa de valores é maior que o percentual de investidores brasileiros em qualquer tipo de aplicação”.

E isso não para por aí… pesquisas mostram que em investimentos em bolsa de valores por exemplo o Brasil empata com o número de investidores chilenos mesmo tendo uma população 9 vezes maior segundo o Wikipédia, já a comparação brasileira com os colombianos também é vergonhosa enquanto eles possuem 1.5 milhões de contas ativas em bolsa aqui no Brasil temos aproximadamente 700 mil segundo a matéria do “valor econômico”.

Caso queira ser como eu, um americano no comportamento e assim virar um poupador/investidor sugiro simplesmente fazer o que fazem os bons investidores independente de sua nacionalidade: controle suas despesas, trabalhe incansavelmente para ganhar mais, tenha uma proposta de valor para a sua vida, escolha bem seus parceiros financeiros e combine como será a comunicação, saiba o que você precisa resolver para conquistar suas metas de curto prazo e ainda conheça tudo sobre produtos financeiros pois são eles que irão construir a sua prosperidade e fazer com que você tenha dinheiro para comprar suas recompensas.

Para saber mais informações contate.
Eder Marinho Baierle (51) 999.220.118 eder@experato.com.br