Cultura RS Educação RSS Estrela

Exposição Cortinas da Memória marca aniversário de Estrela em escola

Maquetes, fotos e dados históricos marcam a exposição (Foto: Emef Cônego Sereno Hugo Wolkmer/Divulgação)

Além das atrações culturais da Maifest 2018, os 142 anos de emancipação de Estrela também marcam a rotina de alunos. Na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Cônego Sereno Hugo Wolkmer, atividades específicas ganharam atenção nas salas de aulas, corredores e também pontos públicos do município. O projeto “Um Olhar para o Passado”, realizado desde março, resultou em levantamento histórico de Estrela e agora na exposição “Cortinas da Memória”.

O projeto teve início em março, com coordenação do professor de história da escola, Cristiano Nicolini. Além de base teórica, foi proporcionada uma trilha histórica presencial dos estudantes do 9º ano pelo Centro de Estrela. Na proposta, divididos em grupos, os alunos receberam envelopes com fotografias antigas da cidade e tiveram que identificar estes lugares e ainda fotografá-los na atualidade. “Na sala de aula analisamos as fotos e pesquisamos a história desses locais. Depois entrevistamos pessoas para conhecer as memórias relacionadas a este passado. Os grupos realizaram trabalhos, confeccionaram maquetes para representar lugares de memória e depois montamos a exposição para a semana do município”, explica Nicolini.

Ao longo da última semana, os alunos participantes do projeto montaram a exposição “Cortinas da Memória”, composta de fotos, textos, maquetes e outras curiosidades. Estudantes inclusive trajaram vestimentas tradicionais para uma apresentação de detalhes aos demais alunos, inclusive dos anos iniciais, também funcionários e professores. De acordo com a diretora Ângela Maria Kuhn, o objetivo do projeto e agora da exposição foi dar sequência ao tema e melhor compreender as relações entre a disciplina de História e memória na construção da identidade local. “Assim envolvemos todos os alunos em uma época especial para quem vive no município e rotineiramente convive com algumas pessoas, nomes ou frequenta muitos lugares históricos”, diz. “Tivemos um projeto de muito valor educativo e histórico onde nossos estudantes envolvidos demonstraram bastante empenho e sucesso com o objetivo. Aproveitamos este belo conteúdo para montar a exposição, valorizarmos o trabalho e assim também tornar acessível a todos os demais alunos um link entre o passado e os dias atuais”, completa. Mais informações pelo telefone 3981-1071.

Texto: Ascom Estrela