Cultura Destaques Lajeado

Exposições na Casa de Cultura integram a programação do Mês da Consciência Negra de Lajeado

Dando continuidade às atividades da programação do Mês da Consciência Negra de Lajeado, organizado pela Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria da Cultura, Esporte e Lazer (Secel), a Casa de Cultura recebe duas novas exposições. A abertura das exposições “Negrê”, do artista Gin Arts, e “Marias: resistências afetivas numa comunidade afro-brasileira”, da Prof. Dra. Janaina Schvambach, ocorreu na segunda-feira, 08/11. Os visitantes podem conferir as exposições até o dia 26/11.

A exposição “Negrê” é feita com técnicas de grafite e esculturas e tem como ponto principal a quebra de paradigmas. O artista retrata bustos negros com traços marcantes, diferentes materiais e cores. O artista, Giovane Giovanella, mais conhecido como Gin Arts, explica o uso da técnica e qual o objetivo da arte.

– Eu gosto de trabalhar com essa temática dos povos. Na minha arte eu procuro não trabalhar com o realismo, gosto de quebrar o estereótipo e também de colocar o meu toque e as minhas vivências dentro do meu trabalho. Além disso, para mim é muito importante expor na Casa de Cultura, pois sei da representatividade desse patrimônio histórico – disse Gin Arts.

Já a exposição “Marias: resistências afetivas numa comunidade afro-brasileira” mostra mulheres que, além de mães, são detentoras do seu território, mulheres que mantêm um sentimento de pertencimento às regiões onde habitam. A exposição retrata a beleza das mulheres e das crianças que moram na Comunidade do Loteamento 17.

– As “Marias” estão em todos os lugares, mas, principalmente, na Comunidade do Loteamento 17, localizada no Bairro Morro 25 em Lajeado onde, no decorrer dos encontros, consegui registrar delicadezas e momentos que passavam despercebidos – disse Janaina Schvambach.

A programação do Mês da Consciência Negra de Lajeado se estenderá até o dia 20/11, com a realização de palestras, oficinas, atividades de dança e música.

O município de Lajeado está inserido na programação do Cinquentenário do 20 de Novembro do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

O evento tem apoio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Cultura Afro-Brasileira de Lajeado, Univates, Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSUL) Campus Lajeado, Emater e Conselho Municipal de Cultura, por meio do Setorial de Etnias e Folclore.