Educação RSS Destaques Vespasiano Corrêa

Falta de conhecimento sobre Educação financeira é uma das principais causas de endividamento

(Foto: Divulgação)
Ivanete se formou no início deste ano (Foto: Divulgação)

Planejar e controlar com muita cautela os ganhos e gastos; ficar atento aos créditos facilitados para evitar compras mal planejadas; saber quais são as prioridades de compra e analisar a melhor opção de investimento, seja de curto, médio ou longo prazo, são algumas das dicas que a aluna do curso Técnico em Administração da Lume Centro de Educação Profissional, Ivanete Zanuzzo, obteve no seu trabalho de conclusão.

Desde julho de 2016, ela procurou compreender o processo e as motivações que levaram consumidores de uma empresa da cidade de Vespasiano Corrêa, à situação de endividamento e falta de crédito.

Conforme Ivanete, a organização financeira requer disciplina e mudança de hábitos. “É preciso que as pessoas entendam a importância, e se conscientizem de que o planejamento financeiro é essencial para a melhoria da vida. Além disso, ajuda a fugir do endividamento, já que a falta de dinheiro é uma grande lamentação das pessoas que não conseguem ter um orçamento controlado”.

Os dados do trabalho foram coletados através de uma pesquisa composta por dezesseis perguntas. Foram abordados vinte clientes de uma empresa de Vespasiano Corrêa, sendo 25% do sexo feminino e 75% do sexo masculino. Todos acima dos 25 anos.

No decorrer das análises, Ivanete percebeu que a falta de entendimento sobre o assunto “Educação financeira” é um dos fatores causadores do endividamento. “Muitos não sabem o que é uma ‘receita’ e uma ‘despesa’; quanto ganham e quanto gastam mensalmente. Isso gera uma desorganização no planejamento das finanças, pois muitos não fazem nenhum controle das contas a pagar e a receber. Também existe o uso do crédito, para compras mal planejadas, onde gastam mais do que ganham”. Outra constatação é a de que as pessoas não buscam informação sobre o tema. “80% dos pesquisados nunca leram sobre educação financeira e isso influencia diretamente na qualidade das decisões financeiras tomadas pelos clientes”, conclui Ivanete.

O trabalho de concussão executado em Vespasiano Corrêa foi mais uma etapa do curso Técnico em Administração, que Ivanete realizou na LUMECEP. Para ela, os ensinamentos obtidos são úteis para a empresa e também para o seu desenvolvimento pessoal. “Hoje planejo, controlo e calculo com mais facilidade. Foi uma ótima troca de experiências com colegas e professores. No trabalho sinto-me capacitada para aplicar na prática o conhecimento adquirido e me expressar de maneira clara e objetiva. Todos que pretendem empreender ou já são empreendedores deveriam fazer um curso de Administração, para entender as funções de planejamento, contabilidade, finanças, gestão de pessoas, vendas, logística, etc, enfim o que é importante para obter clareza nos seus negócios”.

Texto: Portal Região dos Vales