RS RSS Destaques Geral

Criança Dália faz doações a hospital e associação de Júlio de Castilhos

?Crianças atendidas pela associação beneficente receberam 500 litros de leite (Foto: Carina Marques)
?Crianças atendidas pela associação beneficente receberam 500 litros de leite (Foto: Carina Marques)

O Projeto Criança Dália está presente também no município de Júlio de Castilhos, na região central do Estado. Na sexta-feira (07)  foi realizada a doação de equipamentos ao Hospital Bernardina Salles de Barros e de leite Dália UHT à Associação Beneficente Santo Antônio.

À casa de saúde foram entregues materiais de uso pediátrico, dentre eles balança antropométrica, pinças, cabo laringoscópio, lâminas em aço inox, venoscópio, balança infantil e detector fetal, totalizando o valor de R$ 5.590,00. Receberam os equipamentos o presidente do Conselho Gestor do hospital, Bernardo Quatrin Dalla Corte; o administrador, Leonardo Dalla Nora; a responsável pelo faturamento, Andreia Rocha; o médico clínico geral, Erlon Garcia Guterrez; e o ex-presidente, Aléssio Zen.

Dalla Corte enfatizou a satisfação de receber a doação, alertando para a situação atual da saúde local e estadual. “Estamos passando por momentos difíceis, verbas limitadas e poucos recursos. Se outras empresas seguissem o exemplo da Dália e fizessem um pouquinho pensando nas entidades que necessitam, com certeza a saúde estaria um pouco melhor.”

Guterrez, na condição de clínico geral, elogiou a iniciativa da cooperativa, explicando a necessidade e a importância de cada equipamento doado ao hospital. Deu ênfase ao venoscópio, cujo aparelho localiza veias periféricas, através da luz, em crianças de zero a sete anos, com precisão. Somente este equipamento custou R$ 1.560,00. “Alguns são equipamentos mais simples, outros não, mas que farão toda a diferença no atendimento ofertado pelo hospital. Importante também ressaltar a visão social da Dália, uma empresa que está trabalhando como agente multiplicador do bem. A partir de hoje, na minha casa, só iremos consumir leite Dália”, afirmou e parabenizou o médico, lembrando que o hospital possui 81 anos de fundação, 62 leitos e realiza procedimentos cirúrgicos, clínicos, obstétricos, pediátricos e psiquiátricos.

Representando a Dália Alimentos realizaram a entrega do material o presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini; o vice-presidente, Pasqual Bertoldi; o conselheiro de Administração da região de Júlio de Castilhos, Belquer Ubirajara da Silva Lopes; e o delegado, Pedro Scherer.

Piccinini lembrou que a Dália Alimentos possui famílias associadas em 130 municípios gaúchos e que o Projeto Criança Dália, ano após ano, evolui e ganha força com a junção dos esforços de associados e funcionários. “Cuidar das crianças é um desafio diário que a Dália Alimentos propõe através do Projeto Criança Dália. Devido à sua grandiosidade, há dois anos, um fundo em que 1,5% das sobras é direcionado ao projeto criado. Com este recurso, fruto da doação espontânea de cada associado e funcionário, podemos realizar ações como esta e tantas outras nos municípios em que a cooperativa está presente.”

500 litros de leite à associação
A Associação Beneficente Santo Antônio, pelo segundo ano, foi beneficiada com a doação de 500 litros de leite Dália UHT. A entidade atende a 93 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, no turno inverso ao escolar, através de 11 projetos e oficinas. O leite fará parte do cardápio das cinco refeições disponibilizadas pela entidade diariamente às crianças.

A doação foi entregue à presidente Zenaira Rattes Duzac; à diretora Andreia Dalla Nora Siqueira; às professoras e monitoras da instituição. No ano passado, o Projeto Criança Dália também realizou a doação de leite à entidade. Naquela oportunidade, os alunos encenaram a peça teatral “Fazendo Arte com a Dália Alimentos”, cujo cenário e figurinos foram confeccionados com caixas de leite reutilizadas. Segundo a diretora, a peça será apresentada novamente durante a feira do livro da cidade, enfocando a importância do consumo de leite e a reciclagem de embalagens.

Texto: Ascom Dália Alimentos