Santa Clara do Sul Rural - Agricultura Destaques

Feira de alimentos saudáveis completa 1 ano

Além de um ponto de venda de produtos, feira é um espaço de divulgação do conceito da agroecologia

Entre as atrações deste sábado estão oficinas, erva-mate orgânica e sorteio de uma cesta

Uma das referências do programa Santa Clara Mais Saudável, que incentiva a produção e o consumo de alimentos orgânicos no município, a Feira de Agricultores Agroecologistas completa o primeiro ano de atividades neste fim de semana. E para comemorar a data, uma série de atrações ocorrem sábado, 3 de agosto, das 8h30min às 12h, ao lado do ginásio de esportes.

Além da venda de produtos orgânicos, a feira terá oficina para as crianças com a Estação Semear, oficina de Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC’s), erva-mate orgânica e sorteio de uma cesta. Também haverá a venda de flores, chás, tempero, artesanato e a participação da Liga Santa-clarense de Combate ao Câncer. Em caso de chuva, o evento será transferido.

Proprietária de uma agroindústria voltada à produção de geleias, conservas e compotas, Bárbara Thomas participa da feira vendendo geleias e sucos orgânicos. Ela acredita que para uma empresa se desenvolver, é fundamental expor seus produtos para ampliar a rede de contatos e a possibilidade de negócios. “Também vale destacar a oportunidade de integração e socialização que a feira nos proporciona”, comenta.

Caroline Schwengber Schubert é consumidora assídua da feira. “Trata-se de um espaço que veio para somar na nossa qualidade de vida. A partir da feira conseguimos trazer para dentro de casa alimentos seguros para a nossa saúde, com variedade e equilíbrio, oferecidos pelos produtores locais”, observa. Entre os produtos mais consumidos pela família estão morangos, alface, cenoura, laranjas, biscoitos caseiros, schimier colonial e sucos.

A coordenadora do programa Santa Clara Mais Saudável, Daiana Bald, ressalta que a feira é um local onde as pessoas podem comprar produtos frescos e de qualidade, oriundos de uma produção mais sustentável, diretamente dos agricultores. “A feira é um espaço de interação entre consumidores e produtores. As pessoas estão cada vez mais interessadas em saber a procedência dos alimentam que elas consomem”, enfatiza.

Para o secretário municipal de Infraestrutura, Edson Mallmann, a feira valoriza o trabalho realizado no município e fortalece o setor primário, importante para o desenvolvimento local. “Há uma preocupação com a sustentabilidade econômica e ambiental. Inclusive, várias famílias estão saindo do centro e voltando para o interior para cultivar alimentos orgânicos. E isso é muito gratificante”, salienta.

Segundo o prefeito Paulo Kohlrausch, além de ser um espaço para venda de produtos orgânicos, a feira resgata o espírito comunitário e ajuda a conscientizar quanto à importância do consumo de alimentos saudáveis e da valorização da agricultura local. “A partir do programa, a intenção é promover a saúde e a qualidade de vida da nossa comunidade, movimentando a nossa economia e respeitando o meio ambiente”, frisa.

Fotos Divulgação
Assessoria de Imprensa de Santa Clara do Sul