Educação RSS Estrela

Feira do Livro incentiva ações escolares em Estrela

Projeto “Todo dia é dia de ler” incentivou apresentações de peças de teatro, poesias e histórias (Foto: divulgação)

Os preparativos para o maior evento literário de Estrela, que ocorrerá de 02 a 06 de outubro, já iniciaram. A 8ª Feira do Livro receberá, nesta quinta-feira (26), a visita de um dos autores temas da edição 2018 para uma especial programação preparada pela Secretaria Municipal de Educação (Smed) de Estrela, organizadora do evento. E nas escolas, o incentivo à participação, que começou com a distribuição de obras diversas e também dos três autores que serão trabalhados na feira – Fábio Monteiro, Jonas Ribeiro e Antônio Schimeneck –, segue com uma série de ações pontuais envolvendo alunos e professores.

Na última semana, as instituições de ensino de Estrela estiveram reunidas com a equipe diretiva da Smed para tratar da programação e organização da Feira, reconhecida regionalmente. Também para discutir o trabalho que será desenvolvido quando por ocasião da presença dos escritores em Estrela, e a formação pedagógica de literatura que se dará em torno dos temas dos respectivos autores. O primeiro será Fábio Monteiro. Na quinta-feira (26), além de reuniões com a direção da Smed, ele comandará uma oficina na faculdade La Salle, das 18h às 21h, voltada a professores das três redes de ensino.

“Todo dia é dia de ler”

Além das obras dos escritores que estarão presentes na Feira, as escolas municipais receberam títulos para implementarem as bibliotecas escolares e organizam eventos paralelos. Enquanto a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Arnaldo José Diehl aproveitou a doação e também a passagem do Dia do Livro para reinaugurar a sua biblioteca (release enviado na última semana), a Emef Pinheiros organizou ações dentro de seu projeto maior, “Todo dia é dia de ler”.

Segundo a diretora Maria Raquel Güntzel, utilizou-se a discussão em torno do tema Feira do Livro para organizar atividades e tarefas envolvendo os estudantes. “Foram entregues, para cada sala de aula, estantes para os livros de leitura e as novas obras. As turmas de 1º ao 5º ano realizaram apresentações de teatro, poesias e releituras. As professoras, por exemplo, foram personagens do teatro do Sítio do Pica Pau Amarelo. Tudo com o objetivo de incentivar o nosso projeto de forma prazerosa, despertando o senso de socialização”, explica. “E os alunos dos anos finais tiveram momentos especiais também dedicados à leitura e ao nosso projeto”, detalha.

Texto: Ascom Estrela