Negócios Investimento Vale do Taquari Paverama

Fepam autoriza obra de fábrica da Fruki

Um dos empreendimentos mais esperados no RS tem autorização para ser iniciado. Na quinta-feira da semana passada, a Fepam concedeu a Licença de Instalação à Fruki construir o novo complexo fabril em Paverama.

Por outro lado, todo o cronograma para esse trabalho precisará ser revisto devido ao surto de coronavírus. É o que afirma a presidente da empresa, Aline Eggers Bagatini. Os trabalhos para preparação do terreno, que fica na entrada do município, nas margens da BR-386, poderiam já ser iniciados. “Não temos previsão de quando vamos fazer isso”, afirma.

Na programação inicial da empresa, era esperado iniciar as atividades até 2024. O investimento na unidade se aproximaria dos R$ 130 milhões. “Tudo terá de ser revisto devido ao impacto econômico da pandemia”, diz Aline.
Em um primeiro momento, a estratégia da Fruki é trazer para o RS a produção de cervejas, hoje no Paraná, e também a de energéticos, produzidos pela marca em São Paulo. Em seguida, a unidade receberá outras produções, como sucos, água mineral e até dos refrigerantes.

Localização privilegiada

A nova fábrica da Fruki marca território no acesso a Paverama. Pelo menos 75 cidades gaúchas fizeram propostas. A confirmação ocorreu em abril de 2016 e foi motivo de festa na cidade.

Além de uma relação afetiva com Paverama, pois o então presidente da empresa, Nelson Eggers, nasceu no município, também foram analisados aspectos técnicos. A melhoria na infraestrutura da rodovia foi um dos motivos que ajudou na decisão, afirma Aline. “Foi um dos fatores, sem dúvida. A localização é estratégica, às margens da BR, próxima da Região Metropolitana e da Serra, onde estão os grandes centros consumidores do RS. Além disso, a duplicação facilita muito o fluxo de caminhões.”

Outro aspecto para escolha da cidade está relacionada a qualidade e quantidade de água, afirma Aline.

Rota do desenvolvimento

Nas cinco cidades, de Tabaí a Estrela, a duplicação da BR-386 também abriu caminho para instalação de indústrias, comércios, serviços e empreendimentos imobiliários. Em três anos com a nova pista, quase 60 novos negócios começaram ou estão em implantação nos pouco mais de 33 quilômetros da rodovia.

Melhores condições de tráfego, com segurança e a facilidade de chegar à Região Metropolitana. Esses são alguns dos motivos que levam empreendedores a investir nas margens da BR-386.

Só de empreendimentos recentes, as cinco cidades têm quase 60 novas empresas, entre instaladas ou em fase de implantação. A posição estratégica do Vale do Taquari, próxima das cidades gaúchas mais desenvolvidas e populosas, traz consigo redução nos custos logísticos.

Relembre

O anúncio de que Paverama foi escolhida pela Fruki ocorreu durante a comemoração pelos 28 anos de emancipação do município. Foi no dia 13 de abril de 2016, em meio às festas na cidade.

A apresentação ocorreu no Centro Comunitário Evangélico. Pela estimativa do governo municipal, a indústria tem capacidade de elevar a arrecadação de ICMS local em até 70%.

Na ocasião, o então presidente Nelson Eggers afirmou que o complexo foi planejado para assegurar cem anos de evolução na empresa.

 

Fonte: Jornal A Hora