Social Lajeado

Formado o segundo grupo de Facilitadores da Paz

Nos dias 27 e 28 de agosto, um novo grupo de servidores do município passou pela formação de Facilitadores da Paz. Os participantes realizaram o Curso de Formação Básica para Facilitadores de Justiça Restaurativa para o conhecimento da metodologia dos Círculos de Construção de Paz Não Conflitivos. Os encontros, na Casa de Cultura, fazem parte do eixo de prevenção do Pacto Lajeado Pela Paz, programa da Prefeitura de Lajeado.

Uma das ações de prevenção do Pacto Lajeado pela Paz é seguir os princípios e valores da Justiça Restaurativa. A capacitação busca formar facilitadores da paz para promover o fortalecimento dos relacionamentos, a fim de minimizar as situações de conflitos nos espaços comunitários, familiares e de trabalho.

– Participar desta formação possibilita pensar e refletir sobre si e sobre as relações humanas de forma diferente. Além disso, é um privilégio ter a possibilidade de aplicar esse conhecimento no dia dia, ampliando as possibilidades de atuação, contribuindo para construção de relacionamentos saudáveis – disse Dirce Scherer, coordenadora de Ensino da Secretaria Municipal da Educação.

O curso foi ministrado pela instrutora e coordenadora da Justiça Restaurativa Tânia Fröhlich Rodrigues, que contou com o auxílio da facilitadora Priscila Hasstenteufel. Durante a capacitação, os participantes vivenciam cada etapa da metodologia do Círculo de Construção de Paz, como construção dos valores, contações de histórias e habilidades dos facilitadores. Além disso, a capacitação aborda a comunicação não violenta, compreendendo as necessidades do outro com técnicas de escuta qualificada, observação e não julgamento.

Neste segundo grupo, o jornalista Ricardo Sander, do Grupo Independente, participou da formação. Os veículos de comunicação de Lajeado estão sendo convidados a participar das formações para que possam entender o programa e, desta forma, transmitir as informações sobre o Pacto Lajeado Pela Paz e sobre os princípios da Justiça Restaurativa com maior conhecimento.

– Ter participado da formação dos Facilitadores da Paz foi uma experiência enriquecedora para mim. Eu acredito muito no programa Pacto Lajeado Pela Paz e espero que eu possa contribuir para que a gente dissemine essa cultura e para que a gente tenha resultados que vão ser perceptíveis a médio e longo prazo e vão fazer com que Lajeado seja uma cidade ainda melhor – disse Ricardo Sander.

O curso deste segundo grupo se encerra em outubro, quando os participantes voltam a se reunir para aprofundar a teoria da Justiça Restaurativa e compartilhar as vivências da facilitação de vínculo ou práticas restaurativas no ambiente de trabalho ou familiar.

A servidora Aline Tabita de Castro Vanzetto, 28 anos, conta que já está colocando em prática alguns ensinamentos.

– Eu amei o curso. Aprendi que o escutar, muitas vezes, é melhor do que falar. Assim que saí do curso, já montei um plano de Círculo de Paz para aplicar no meu setor para melhorarmos em todos os aspectos – contou Aline, dirigente de equipe de Compras do município.

Até agora, foram formados 44 facilitadores da paz por meio do Pacto pela Paz. O próximo encontro está previsto para ocorrer em setembro com jovens do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), que estão cumprindo medidas socioeducativas em meio aberto. As capacitações também serão voltadas para a rede de atendimento das áreas de saúde, educação, assistência social e cultura, grupos comunitários, como líderes comunitários, religiosos e Organizações Não Governamentais (ONGs).

O curso tem duração de 25 horas e é dividido em dois dias. Durante a formação, é definida uma terceira data para o fechamento do grupo

SAIBA COMO PARTICIPAR:

Profissionais da imprensa e pessoas da comunidade interessados em realizar o curso podem entrar em contato com a coordenação do Pacto Lajeado pela Paz pelo fone 3982-1028 ou pelo e-mail pacto@lajeado.rs.gov.br para deixar seu nome na lista de interessados em fazer a formação. Na medida em que as turmas forem sendo abertas, as pessoas serão chamadas a participar.

Saiba mais sobre o Pacto Lajeado pela Paz clicando aqui.

Assessoria de Imprensa de Lajeado