Meio Ambiente RS RSS

Fórum internacional discute prevenção a desastres climáticos na capital

LOGOS FOTOS SITE-04Implantar uma rede integrada de monitoramento hidrometeorológico entre Brasil, Argentina e Uruguai para prevenir desastres provocados pelas mudanças climáticas. Este é um dos temas que estará em debate, em Porto Alegre, durante a Conferência Internacional Recursos Hídricos e RegionsAdapt, ação global que discute perspectivas dos impactos do clima. Promovido pela Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), o evento ocorre no Everest Porto Alegre Hotel (Rua Duque de Caxias, 1357 – Centro Histórico) nesta terça e quarta-feira (27 e 28).

A RegionsAdapt é uma mobilização internacional lançada em 2015 durante a 21ª Conferência das Partes (COP-21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC), em Paris. A intenção do governo gaúcho de organizá-la converge com a necessidade de buscar soluções para os fenômenos climáticos no estado, como inundações e estiagens em escala local ou regional.

O Rio Grande do Sul é um dos membros fundadores da RegionsAdapt e coordenador do grupo de trabalho de Recursos Hídricos e Gestão. Desde que ingressou na ação global, o Estado tem implementado uma série de projetos de adaptação à variação climática.

Na abertura, o painel Em busca de uma rede platina de monitoramento hidrometeorológico debaterá a capacidade de integração entre os níveis de governo, unindo esforços para criar uma rede de proteção. A conferência tem parceria da Rede de Governos Regionais pelo Desenvolvimento Sustentável (nrg4SD – Network of Regional Governments for Sustainable Development) e apoio do Ministério da Integração Nacional e do 8th World Water Forum.

Texto: Ascom RS