RSS Rural - Agricultura Destaques Teutônia

Fórum sobre produção de alimentos marca Dia do Colono em Teutônia

Mais de 100 pessoas participaram do evento (Foto: Divulgação)
Mais de 100 pessoas participaram do evento (Foto: Divulgação)

O salão do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Teutônia ficou pequeno na tarde de terça-feira (25) para o fórum “Tendências para a produção de Alimentos”. Na ocasião, um público de mais de 100 pessoas, a grande maioria agricultores familiares do município anfitrião e da vizinha Westfália, acompanhou o evento alusivo ao Dia do Colono, que promoveu debate e troca de experiências sobre as possibilidades, tendências e desafios que orientam a produção e a comercialização de alimentos.

Além de palestra sobre o tema, ministrada pelo extensionista da Emater/RS-Ascar, Lauro Bernardi, foram apresentadas quatro experiências locais com resultados positivos no que diz respeito à produção agroecológica, ao acesso a políticas públicas como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e a participação em feiras da agricultura familiar. “O objetivo foi incentivar, mobilizar e também homenagear o homem do campo pelo seu dia, sendo que eles dedicam todos os seus dias a nós”, ressaltou na abertura do evento a presidente do STR local Liane Brackmann.

Valorizando o trabalho em parceria com outras entidades ligadas ao setor, também participaram da organização do encontro a Emater/RS-Ascar, a Secretaria Municipal de Agricultura e o Centro de Apoio à Produção Agroecológica (Capa), Brackmann se emocionou ao analisar o contexto político de incertezas vivido pela população rural. Em sua fala, alertou os produtores para a importância de não esmorecerem na luta por direitos e por políticas públicas que lhes possibilitem a continuidade do trabalho no campo.

A partir de levantamento realizado pelo STR de Teutônia, que concluiu que menos de 10% da comercialização de alimentos do município é proveniente da produção local, Bernardi avançou no debate, propondo um desafio ao público presente. Para o extensionista, o consumidor tem sim o interesse em acessar produtos de qualidade. “Então por que não trabalhar para garantir essa oferta, que promoverá a cultura local e a disponibilidade de alimentos frescos, seguros e sustentáveis, além de gerar renda e oportunidades?”, argumentou, lembrando o fato de que produzir e consumir alimentos também é um “ato político”.

O agricultor Maércio Rodrigues, de Teutônia, concorda com Bernardi, especialmente por ter feito a escolha de retornar ao campo, após uma série de tentativas na cidade atuando como garçom, padeiro e até pizzaiolo. Bovinocultor de leite, com sete vacas em lactação, horticultor e produtor de pêssegos, viu a sua qualidade de vida e a sua renda aumentarem após acessar política pública de crédito que lhe possibilitou a aquisição de uma área de terras na propriedade localizada em Linha Catarina. “Tenho demanda garantida, tenho apoio técnico da Emater e faço o que gosto, da minha maneira”, relata.

Além de agricultores, extensionistas e representantes de entidades ligadas ao setor, o evento contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o deputado federal, Elvino Bohn Gass, o vice-prefeito de Teutônia Valdir Oliveira do Amaral e o presidente da cooperativa Languiru, Dirceu Bayer. Outros municípios da região como Estrela, Relvado e Colinas também promoveram atividades alusivas ao dia do Colono na mesma data. Em Fazenda Vilanova, o evento ocorre na próxima sexta-feira (28), a partir das 13h30min no Piquete Relincho do Potro.

Texto: Ascom Emater