RS RSS Destaques Geral

Granizo volta a atingir o Estado e risco prossegue hoje

Em Não-Me-Toque supercélula trouxe imensa quantidade de gelo e o granizo acumulou nas ruas em cenário que mais parecia o de uma nevasca (Foto: Divulgação)
Em Não-Me-Toque supercélula trouxe imensa quantidade de gelo e o granizo acumulou nas ruas em cenário que mais parecia o de uma nevasca (Foto: Divulgação)

Uma frente fria que se tornou semi-estacionária está instalada sobre o Sul do Brasil desde a terça-feira (12). As pedras de granizo chegaram a romper a janela da cabine de comando de uma aeronave da Latam em voo para Porto Alegre que alternou, por segurança, para São Paulo. Este sistema voltou a se intensificar ontem (13)  no fim da tarde e à noite sobre Santa Catarina e a Metade Norte do Rio Grande do Sul e avançava para Sul. Várias cidades do Norte gaúcho tiveram granizo ontem à noite com destelhamentos e danos em lavouras. Em Não-Me-Toque supercélula trouxe imensa quantidade de gelo e o granizo acumulou nas ruas em cenário que mais parecia o de uma nevasca (foto abaixo da 90,3 FM).

Chuva com queda de granizo atingiu a Grande Porto Alegre no final da quarta-feira, por volta das 23h. O gelo caiu em grande quantidade a ponto de acumular em pontos de Canoas, Nova Santa Rita, Alvorada e Viamão. Houve granizo ainda no Sarandi, na zona Norte de Porto Alegre. Em muitos locais da região metropolitana e da Capital não houve granizo e em alguns sequer caiu uma gota de chuva. Na madrugada voltou a cair granizo em Garibaldi e no amanhecer de hoje o fenômeno seguia castigando o Norte e o Noroeste do Estado com ocorrências em Santa Rosa.

A MetSul mantém o alerta de risco de tempo severo com chuva localmente forte, raios e granizo localizado para esta quinta do Centro para o Norte do Estado, incluindo a Grande Porto Alegre, apesar de intervalos de melhoria que podem ter até aberturas de sol em parte do dia em algumas cidades. A atmosfera está extremamente úmida e instável, sendo alimentada por ar quente de Norte trazido por uma corrente de jato em baixos níveis que se origina da Bolívia. Com a atmosfera mais resfriada pelo inverno a queda de granizo se torna muito facilitada. Qualquer nuvem de maior desenvolvimento vertical pode trazer as pedras de gelo. A MetSul alerta que os volumes de chuva podem ser bastante altos hoje no Norte do Estado, para onde o modelo numérico WRF indica de 100 mm a 150 mm só no dia de hoje em algumas localidades da região, ou seja, chuva de um mês em apenas um dia. Na Metade Sul se espera sol, nuvens e chuva com risco menor de temporal que na Metade Norte. O tempo ainda estará instável na sexta no Estado, cedendo gradualmente o risco de tempo severo à medida que avança ar frio que derrubará a temperatura e trará um fim de semana gelado.

Texto: Ascom Metsul