Vale do Taquari Rural Arvorezinha

Grupo de Trabalho da microbacia de Cândido Brum em Arvorezinha realiza reunião

O Grupo de Trabalho (GT) que realiza ação de monitoramento na microbacia de Cândido Brum, em Arvorezinha, esteve reunido na quarta-feira (20/03), na comunidade. Na oportunidade o GT, composto por representantes da Emater/RS-Ascar, Secretaria Municipal de Agricultura, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Sindicato Interestadual da Indústria de Tabaco (Sinditabaco) e Afubra, apresentou os resultados obtidos a partir de práticas conservacionistas do solo e da água, realizados desde o ano passado.

De acordo com o assistente técnico regional em Manejo de Recursos Naturais da Emater/RS-Ascar, Marcos Schäfer, no ano de 2018 os agricultores da localidade ampliaram as áreas com cobertura do solo, principalmente após um programa para doação de sementes de aveia realizado pela Afubra. “Assim, a maioria das famílias fez análise e correção do solo, com resposta satisfatória no que diz respeito a redução de sedimentos na água”, avalia. “E isto é a comprovação de que a adoção de práticas conservacionistas reduz os processos erosivos e a consequente perda de solo”, afirma.

Com o apoio da Emater/RS-Ascar, que realizou a coleta das amostras e da UFSM que fez a análise, a ação foi executada sem custo nenhum para os agricultores. “Estes, nos últimos anos, diversificaram a produção em suas propriedades, com o plantio de erva mate, laranja, ampliação de áreas com soja e de outros cultivos tanto comerciais, como para a subsistência das famílias”, destaca o extensionista da Emater/RS-Ascar de Arvorezinha Cleber Schuster.

Tanto a Emater/RS-Ascar como os demais parceiros do trabalho ficaram com o compromisso de visitar as famílias envolvidas no monitoramento, orientando-as para o preparo e correção da acidez e da fertilidade do solo, demarcação e construção de camalhões e terraços e no plantio das coberturas de solo para o período de inverno, visando o plantio direto nas culturas anuais.

Para o mês de maio foi planejada nova oficina, em data a ser definida, onde se trabalhará proposta para adequação de estradas e demarcação e construção de terraços para a contenção da erosão. Em agosto, os agricultores participarão de evento sobre conservação do solo que ocorrerá em Vespasiano Corrêa.

 

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional de Lajeado
Jornalista Tiago Bald