Saúde RS RSS Os Vales em Notícia Destaques Lajeado

HBB define fluxo em casos de suspeita de Novo Corona Vírus

Apesar de não terem sido registrados casos suspeitos, hospital já prepara ações para atendimento em situações de necessidade

 

Bertoglio é diretor Técnico do HBB

A preocupação com o aumento do número de casos de Novo Corona Vírus (2019-nCoV) no país deixa em alerta órgãos de saúde e profissionais do setor. Em Lajeado, o Hospital Bruno Born (HBB) já definiu os fluxos de atendimento caso algum paciente apresente os sintomas.

Conforme o diretor Técnico da instituição, médico Fernando Bertoglio, há um fluxograma de atendimento definido pelo Ministério da Saúde que será cumprido a risca caso exista necessidade: “Submeteremos a isolamento qualquer paciente que chegar aqui com sintomas e tiver tido contato com alguém que tenha vindo da China. Neste caso, a pessoa será isolada e coletaremos material, que será encaminhado a um laboratório que avaliará a presença ou não do vírus”, explica.

Enfermeira do Controle de Infecção do HBB, Angélica Rocha de Oliveira explica que as ações foram definidas em conjunto coma Vigilância Epidemiológica do município. A primeira medida, em caso suspeito, será isolar o paciente, que irá usar máscara – assim como os funcionários que tiverem contato com a pessoa. Para ser suspeito, o paciente terá que ter sintomas como febre e tosse, além de ter estado na China ou tido contato com pessoas que estiveram recentemente no país asiático. “Os cuidados são basicamente isolamento e coleta de material para investigação. A pessoa ficará internada até que cessem os sintomas.”

Como é transmitido o 2019-nCoV

A transmissão ocorre pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas como saliva, espirro, tosse, catarro, toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas seguido de contato com a boca, nariz e olhos.

Sintomas

Os principais sintomas são febre, tosse e falta de ar, dores musculares e de cabeça, confusão mental, irritação na garganta e desconforto no peito.

Cuidados básicos para evitar contaminação:

– Evite contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Lave frequentemente as mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;

– Utilize lenço descartável para higiene nasal;

– Cubra nariz e boca quando espirrar ou tossir;

– Evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Higienize as mãos após tossir ou espirrar;

– Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

– Mantenha ambientes bem ventilados;

– Evite contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;

 

Foto: Emilio Rotta/AI