Cultura Social Destaques Muçum

Homenagem em páginas

Fotos/Créditos: Luís Gustavo Bettinelli

Alunos da rede municipal de ensino de Muçum produzem livro em tributo aos 60 anos da Princesa das Pontes

Cento e setenta e um alunos e uma obra de noventa páginas, que homenageia Muçum e seus 60 anos de história desde a emancipação. O aniversário é no próximo dia 31 de maio, mas a semana que antecede, será marcada por uma programação opulenta. Dentre esta, está o lançamento do livro “Homenagem aos 60 anos de Muçum – Alunos escrevendo histórias”, na quinta-feira (30), às 19h, no Ginásio Municipal de Esportes. O exemplar foi produzido pelos alunos do 1º ao 5º ano das escolas municipais de ensino fundamental Castelo Branco e Jardim Cidade Alta.

“Nosso maior objetivo com a elaboração, além de prestar homenagem à nossa querida Muçum, foi incentivar nas crianças a construção literária, a criatividade e enaltecer a produção de cada um. A ideia surgiu em conversa com a coordenadora pedagógica, Ana Luiza Patuzzi, que trouxe a ideia inicial, prontamente aceita por nós e pela equipe docente, sendo adequada aos nossos alunos”, contam as diretoras das escolas envolvidas, Jerusa Patussi e Jucéli Baldasso.

Jerusa e Jucéli contam que o trabalho se realizou nas salas de aula, conversando com os alunos sobre o município, suas belezas e o que, para eles, tornava Muçum uma cidade especial. O conteúdo se divide em textos e desenhos feitos pelos estudantes, expressando sentimentos pelo município, como a forma de homenageá-lo. “Cada aluno elaborou seu trabalho, desenho ou texto, de acordo com a faixa etária. Todos foram feitos com a supervisão e auxílio das professoras. Ao final, recolhidos e enviados à gráfica, para se transformarem no livro. Houve excelente envolvimento por parte dos educandos, pois todos ficaram entusiasmados para fazer um trabalho que depois se tornaria um livro. O que mais nos marcou foi o sentimento de orgulho dos alunos em participar da construção”, salientam.

Para as gestoras, além de fazer o resgate da história de Muçum, a realização incentivou o amor e o respeito pela Princesa das Pontes. Além disso, notou-se o enriquecimento da aprendizagem dos educandos, já que a produção compreendeu as áreas da leitura, interpretação, pesquisa e construção de diversos tipos de textos. “Trabalhamos também a criatividade nas produções textuais e desenhos. Os fizemos perceber também, que fazem parte desta história”, complementam.

Para os custos de produção, as escolas receberam apoio da Administração Municipal, Sicredi e Caixa Econômica Federal. Jerusa e Jucéli, observam que o propósito jamais seria alcançado se não houvesse apoio. Elas agradecem cada professora, pela dedicação em auxiliar na execução dos trabalhos e, aos alunos, pelo comprometimento e devoção. “Temos muito orgulho de vocês”.

 

 

Assessoria de Imprensa de Muçum