Cultura Colinas

Hora Cívica marca homenagem à Patria em Colinas

Banda Marcia foi uma das atrações da Hora Cívica

Cancelado em função do mau tempo, o desfile previsto para ocorrer no sábado, dia 7 de setembro, foi substituído pela Hora Cívica. O evento ocorreu pela manhã, no Ginásio Municipal de Esportes. Na oportunidade, a Banda Marcia fez sua apresentação. Após, os presentes entoaram o Hino Nacional.

A atividade contou ainda com a apresentação conjunta da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Pequeno Mundo e da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Ipiranga com a música “Não custa nada”, de autoria do Grupo em Família.

Já a Cia de Show de Artte Escola de Dança, de Lajeado, exibiu o espetáculo “Dançando o Brasil” com 18 danças da cultura brasileira. No repertório, ritmos como samba de gafieira, forró, pagode, frevo, carimbó, dança indígena, passistas de carnaval e danças gauchescas, incluindo chula e dança dos facões. A manhã foi finalizada com o Hino de Colinas.

Que nosso amor a esta pátria não seja só de palavras, mas em atitudes. Vamos cuidar do nosso País, do nosso Estado e da nossa Colinas. Viva o Brasil”, ressalta o prefeito Sandro Ranieri Herrmann.

Saiba mais

Ginásio ficou lotado na manhã de sábado em homenagem à Pátria

A Independência do Brasil é o feriado em que se celebra a emancipação brasileira do reino de Portugal. O Dia da Independência do Brasil se comemora no dia 7 de setembro de 1822, data que ficou conhecida pelo episódio do “Grito do Ipiranga”.

A Independência do Brasil deu os primeiros passos às margens do riacho Ipiranga, hoje atual cidade de São Paulo. O Príncipe Regente Dom Pedro ordenou aos soldados que o acompanhavam que jogassem fora os símbolos portugueses que levavam nos uniformes.

Em seguida, gritou “independência ou morte” e a partir desse momento, simbolicamente, o Brasil não era mais uma colônia de Portugal.

 

 

Fotos: Angelica Pott
Assessoria de Imprensa de Colinas