Saúde Região Destaques

Hospitais de Anta Gorda e Putinga ganham quarto reformado do Programa Criança Dália

Cômodos para receber pacientes infantis tiveram reforma completa e aquisição de toda mobília

Dois hospitais, em Anta Gorda e Putinga, foram comtemplados com recursos do Programa Criança Dália, da Cooperativa Dália Alimentos. Em ambas as casas de saúde o quarto dedicado à internação de crianças foi equipado, mobiliado e reformado.

No Hospital Padre Hermínio Catelli, em Anta Gorda, foram investidos R$ 14.248,02 na aquisição de duas camas, duas poltronas, dois suportes para soro, um televisor e a reforma completa do quarto. Já no Hospital Doutor Oscar Benévolo, em Putinga, o valor investido na compra de duas camas, duas poltronas, um televisor e na reforma do cômodo foi de R$ 15.957,00.

Em Anta Gorda participou da entrega oficial do quarto, no dia 6 de julho, a presidente da associação hospitalar, Sandra Bresciani; a administradora, Regina Fachinetto e o prefeito Francisco Frighetto. A Dália Alimentos esteve representada pelo presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini e pelo conselheiro da região, Silvano Berté.

Em Putinga esteve presente na entrega, realizada na mesma data, o presidente da associação hospitalar, Danilo De Bona, o vice Alves Fassina, a tesoureira Zélia Moretto, o conselho fiscal representado por Cristina Cenci, Neiva Andreolli e Domingos Camilotti a administradora Regina Fachinetto. O médico e prefeito eleito do município, Paulo Lima, o clínico geral Roberto Bender, além de Piccinini e Berté, também estiveram presentes.

Piccinini destacou que em Anta Gorda foi a primeira entrega do Programa Criança Dália ao hospital e que em Putinga foi a segunda demanda atendida pela casa de saúde, frisando que neste momento de pandemia o programa direcionou seu olhar à saúde, priorizando ações nesta área. “Sabemos das dificuldades enfrentadas pelos hospitais, principalmente os localizados em cidades pequenas. Ajudar a equipar quartos como esse é motivo de alegria, pois sabemos que as crianças que aqui permanecerem estarão bem acomodadas e isso, certamente, auxiliará na recuperação delas. A Dália se orgulha com esse programa que já beneficiou dezenas de comunidades, sempre com o objetivo de auxiliar na saúde, na educação, no bem-estar e na alegria de crianças de 0 a 12 anos”.

Nas duas casas de saúde os prefeitos enalteceram a iniciativa da Dália Alimentos, que ajuda as comunidades por meio de um programa social que acumula recursos com a ajuda de associados e funcionários. “É uma satisfação poder contar com um ambiente como este em nosso hospital. O município agradece, pois sem a ajuda da comunidade e de empresas como a Dália não seria possível manter o funcionamento e as demandas da saúde. Obrigado Programa Criança Dália, gratidão Cooperativa Dália”, disse Frighetto. Lima destacou que a Dália sempre foi solícita aos pedidos do hospital de Putinga e que o Criança Dália deve inspirar mais empresas e entidades a seguirem o exemplo. “Mais uma vez o que podemos fazer é agradecer, em nome do hospital, da comunidade e das crianças que aqui serão acolhidas. Estar em um ambiente acolhedor é uma das formas de estimular na recuperação de qualquer paciente”.

O presidente da associação hospital de Putinga, Danilo De Bona, fez um depoimento emocionado e lembrou da primeira doação do Criança Dália à casa de saúde, em março de 2018. “Faziam poucos dias que havíamos recebido alguns móveis e equipamentos e um deles era um monitor que salvou a vida de um morador. “Ele estava infartando e caso não tivéssemos o monitor naquele momento, o qual hoje está sendo de grande utilidade em pacientes com Covid-19 nesta pandemia, o morador teria falecido. Podemos dizer que a Dália ajudou a salvar essa e muitas outras vidas. Gratidão”.