Santa Cruz do Sul Saúde RS RSS Destaques

Hospital Santa Cruz lança sexto livro com as aventuras do Lino

O valor da venda dos livros é revertido para a compra de materiais para a Pediatria do Hospital (Foto: Divulgação)

As aventuras do anjinho Lino e seus amigos chegam ao sexto livro com um tema muito especial: a história dos 110 anos do Hospital Santa Cruz (HSC). A recente publicação foi apresentada ao público interno da Instituição no dia 22 de maio, data do aniversário da casa de saúde. Nela, Lino visita o passado e acompanha a história do HSC e os fatos que paralelamente marcaram épocas no Brasil e no mundo.

Lino é um anjinho travesso e atrapalhado que um dia, enquanto pulava entre as nuvens, acabou caindo na Terra e se machucou. Por sorte, segundo ele mesmo relata, caiu justamente no pátio do Hospital Santa Cruz, onde foi muito bem atendido, curou a perna e fez muitos amigos. As suas aventuras e de seus amigos estão retratadas em uma série que chega agora a seis livros, escritos pela professora Giana Diesel Sebastiany, que é diretora de ensino, pesquisa e extensão do HSC.

O valor da venda dos livros é revertido para a compra de materiais para a Pediatria do Hospital. Desde a publicação do primeiro livro, no final de 2016, as histórias de Lino e sua amiga Laila já protagonizaram a identidade visual da unidade, incluindo a sala de recreação das crianças internadas, e a criação de outros projetos paralelos, como o Correio do Lino, onde as crianças podem escrever cartas para os personagens da história, respondidas por bolsistas da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

Conforme Giana, a temática dos livros têm como objetivo principal contribuir para uma recuperação mais rápida das crianças que estão internadas. A ideia, conta a professora, surgiu de sua experiência pessoal com a recreação em pediatria e em projetos de pesquisa da área.

“A criação de uma identidade visual para a pediatria está intimamente ligada a um atendimento mais humanizado, com a criação de um ambiente mais favorável à reabilitação da criança e com o desenvolvimento dela em aspectos cognitivos, afetivos, em sua relação com as demais crianças e até mesmo em relação à autoestima”, explica.

Atualmente a identidade visual da Pediatria conta com painéis alusivos aos personagens nos corredores da internação e nos espaços de recreação, contando a história do primeiro livro. Os mesmos espaços receberam adequações como instalação de televisores, novos móveis, brinquedos pedagógicos, além de reformas na estrutura. O enxoval da Pediatria também passou a ter relação com a história do livro, assim como os uniformes dos funcionários da unidade e as placas de sinalização internas.

Texto: Ascom HSC