Santa Cruz do Sul Segurança Saúde RS Os Vales em Notícia Geral

HSC recebe avaliação máxima da Anvisa sobre segurança do paciente

O Relatório de Autoavaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde 2019, desenvolvido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), classificou o Hospital Santa Cruz (HSC) como instituição de Alta Adesão às Práticas de Segurança do Paciente. O resultado da avaliação, realizada em hospitais prioritários de todo o País que dispõem de leitos de UTI, foi publicado no dia 31 de janeiro.

A Segurança do Paciente é um dos seis atributos da qualidade do cuidado, sendo amplamente discutida em todo o mundo tendo em vista sua importância para os pacientes, familiares, gestores e profissionais de saúde preocupados com uma assistência segura. Consiste em estimular a adoção de práticas seguras, promovendo a cultura da segurança e enfatizando a gestão de riscos, o aprimoramento da qualidade e a aplicação das boas práticas em serviços de saúde.

Desde 2016 a Anvisa, em parceria com as coordenações estaduais, distrital e municipais de segurança do paciente, vem monitorando os dados resultantes da aplicação anual da Autovaliação das Práticas de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde em hospitais com leitos de Unidade de Terapia Intensiva. Este instrumento permite um diagnóstico envolvendo a avaliação de indicadores de estrutura e processo, baseados na Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) da Anvisa n° 36/2013, que institui as ações de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde. A partir das informações coletadas, estas podem definir e guiar ações sanitárias nos níveis local e nacional.

As avaliações do relatório de 2019 foram feitas entre os meses de abril e agosto por meio de formulário eletrônico preenchido pelos hospitais com leitos de UTI adulto, pediátrica ou neonatal, totalizando 1.255 formulários. Entre os dados analisados estão a presença formal na instituição de um núcleo de segurança do paciente, planos de segurança implantados, infraestrutura e materiais disponíveis, protocolos de segurança, entre outros.

Para a subcoordenadora do Núcleo Interno de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente do HSC, enfermeira Adalia Ferreira Pinheiro, o resultado mostra que a Instituição está construindo sua trajetória da forma correta. “Isso nos deixa muito orgulhosos, pois realizar um atendimento de qualidade, seguro e centrado no paciente é nossa missão”, destaca Adalia. “Receber este resultado nos motiva a continuarmos firmes em nosso propósito de prestar atendimento humanizado e de excelência”, acrescenta.

A segurança do Paciente no Hospital Santa Cruz
A Segurança do Paciente no HSC está alinhada com o mapa estratégico da Instituição e tem como compromisso a garantia de uma assistência segura e de qualidade ao paciente, como preconizado pelo Movimento Mundial da Segurança do Paciente e pela Resolução do Ministério da Saúde de Nº 36, datada de 25 de Julho de 2013. A casa de saúde dispõe do Núcleo Interno de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente, responsável por avaliar, organizar e implantar melhorias de processos para uma assistência segura e de qualidade. Para isso, preconiza as seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente, que são: identificar corretamente o paciente; melhorar a efetividade da comunicação; melhorar a segurança das medicações de alta vigilância; cirurgia segura; reduzir o risco de infecções associadas ao cuidado em saúde; e reduzir o risco de lesões decorrente de quedas.

Mais informações no link www.hospitalstacruz.com.br/seguranca-do-paciente.