RSS Polícia Lajeado

Impacto do álcool no trânsito é tema de workshop na Prefeitura de Lajeado

Membros de diversos órgãos e entidades participaram do workshop “Trânsito sem Álcool” (Foto: Rafael Scheeren Grün)

Com o tema “Trânsito sem álcool”, a Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria da Segurança Pública, realizou na segunda-feira (26), um workshop para debater os efeitos negativos causados pelo uso do álcool no trânsito.

Realizado no salão de eventos da prefeitura, o workshop contou com a participação de membros do Departamento de Trânsito de Lajeado, do Detran e da Balada Segura, da Polícia Rodoviária Federal e Estadual, da Polícia Civil, da Brigada Militar, do Poder Judiciário e do Ministério Público, da Secretaria da Saúde, da UPA, do SAMU, do Corpo de Bombeiros e do Hospital Bruno Born. Cada entidade apresentou dados sobre a problemática envolvendo álcool e direção, os desafios que enfrentam e alternativas para buscar soluções.

“A falta de dados mais fidedignos com a realidade, tendo em vista que cada instituição possui os seus dados, é um problema que dificulta a tomada de ações e estratégias mais acertadas”, afirmou o promotor de justiça, Neidemar Fachinetto, antes do titular da Sesp, Paulo Locatelli, encerrar o evento. Este, por sua vez, destacou a necessidade dos órgãos e instituições participantes do workshop buscarem uma integração mais efetiva, no sentido de trazer resultados positivos para a comunidade. Conforme Locatelli, deverão ser realizadas reuniões setoriais para que o trabalho tenha andamento.

A falta de efetivo, entre outros problemas, foi um dos principais apontados pelos órgãos de segurança, em especial pela Brigada Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Estadual. Conforme dados de 2018 da Polícia Rodoviária Federal, foram registrados em todo país, até 24 de março, 18.658 acidentes nas rodovias federais, sendo que 1.333 estão associados ao consumo de álcool e direção, o que representa 7,14% dos casos. Leis mais rígidas, maior fiscalização e estratégias de educação para o trânsito foram destacadas como alternativas para diminuir a incidência de ocorrências de álcool no trânsito.

Texto: Ascom Lajeado