Oportunidade Emprego Estrela

Iniciam aulas do Jovem Aprendiz de Estrela

Primeira turma iniciou capacitação. Serão 125 jovens no total

Primeira turma da parceria entre Sedesth e Senac começa capacitação que visa inserir estudantes no mercado de trabalho

A primeira das cinco turmas da temporada 2019 do Programa Jovem Aprendiz, oportunizado pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth), agora em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de Lajeado, teve o primeiro dos cinco encontros realizado nesta quarta-feira (15) à tarde. São 25 alunos por turma, de um total de 125 jovens entre 14 e 17 anos que serão capacitados inicialmente. Já há lista de espera para uma edição extra ou para a temporada 2020.

Como geralmente ocorre, os alunos chegaram bastante tímidos a uma das salas da Câmara de Vereadores de Estrela, local sede dos encontros, que ocorrerão sempre às quartas-feiras, das 13h às 17h. Mesmo acompanhada de outras três amigas e com outros conhecidos da Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Moinhos presentes, Brenda Vitória Benkendorf (14) ainda não parecia à vontade, mas sim ciente da importância de se fazer presente. “Sou bastante tímida. Preciso me soltar mais para falar com as pessoas, para me sair bem em uma entrevista de emprego por exemplo. E quero um emprego, vim para o curso já pensando nisso, pois sonho um ser policial”, projeta ela. Já Misael Rodrigues Ester (16) estava acompanhado da mãe, que também participou da abertura da formação. O estudante da EEEF 20 de Maio reconhece que precisa aprender mais se quiser um futuro melhor para si, e agora também para sua filha, de apenas cinco meses. “Acredito ser importante para conseguir um trabalho, ter mais experiência. Já trabalhei em uma fábrica de calçados, foi experiência boa, mas não estou mais. Preciso de um emprego. Preciso ajudar em casa, a criar minha filha, que mora comigo e minha mãe”, revela.

A desconfiança dos jovens não demorou muito a passar. Assim que a primeira dinâmica de grupo começou a ser realizada pela professora Marciane Blume Inamine e a pedagoga Lívia Benedetti, profissionais do Senac, em uma espécie de apresentação pessoal, os sorrisos apareceram, o clima ficou mais descontraído e todos passaram a se manifestar com mais confiança. “É isto que buscamos. Antes de tudo que confiem mais em suas potencialidades. Queremos realizar bastante dinâmicas de grupo para que, inicialmente, tenham um autoconhecimento de si, e identifiquem em outros colegas ou pessoas próximas algumas coisas que apontem como falhas próprias, mas que são mais comuns do que imaginam, e que por isso podem ser amenizadas ou corrigidas”, destaca Marciane Blume Inamine. Os encontros são acompanhados pessoalmente pela psicóloga do setor de Trabalho da Sedesth, Tatiane Berté. O coordenador Eder Follmann faz a intermediação entre alunos, equipes de trabalho e empresas.

O secretário José Itamar Alves foi dar as boas-vindas aos alunos. “Aproveitem oportunidades como esta que vocês estão tendo agora, mas que muitos não tiveram, fez falta, e que muitos outros como vocês gostariam de ter. Destes 25 alunos da primeira turma, dois não compareceram hoje. Não podemos perdoar, pois há quem quisesse estar aqui”, avisou. Foi quando a prima de uma das participantes, que esperaria do lado de fora por mais de quatro horas, foi convidada a entrar e acompanhar o encontro. “Desde que iniciamos o Jovem Aprendiz, mais de 200 jovens aproveitaram a oportunidade e saíram do programa mais capacitados. Tanto que mais de 80% deles conseguiram uma experiência de emprego em nossas empresas parceiras, muitos foram efetivados e outros já nos procuram por mais oportunidades e vagas. Imaginem agora que temos o Senac conosco”, frisou. Mais informações na Sedesth (Rua 13 de Maio, nº 398) e pelo telefone 3981-1052.

 

 

Texto: Rodrigo Angeli
Fotos: Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Estrela